Final Fantasy VI - Mundo da Ruína - Blog Farofeiros

Mundo da Ruína

Written by | Pensamento

Farofeiros e farofeiras, aviso que este não é um texto animador. Não estou conseguindo me manter animado com tanta ignorância ao redor. Não há como não fazer analogias apocalípticas, no meu caso o Mundo da Ruína de Final Fantasy VI se mostra o mais apropriado para a nossa atual situação.

Pirataria de governos corruptos, destruição de direitos, imposição religiosa, discursos autoritários. Esses absurdos fantasiosos alimentam vilões imaginários há muito tempo. Os exemplos são vários, Darth Vader, Magneto, Lex Luthor, todos com sua jornada do vilão megalomaníaco.

Final Fantasy VI - Mundo da Ruína - Blog Farofeiros

O porém é que até muito pouco tempo atrás dar asilo para nazista, ficar de quatro para outra nação (e seu presidente), exaltar uma religião e demonizar as outras seriam atos hediondos. Se cometidos por um líder de uma nação poderia ser a causa de destruição do cargo e danos irreparáveis à sua imagem e nação.

Mas em 2020 as coisas não parecem funcionar da mesma forma.

Com o bom senso jogado no lixo nas últimas eleições podemos dizer que depois daquele dia o mundo mudou para sempre. Cansei de arremeter e apontar exemplos por aqui, a inquisição à brasileira toma cada vez mais forma. A ascensão do cidadão de bem e toda sua bondade aterrorizante e a única certeza que temos é que chegou ao fim o mundo como conhecemos.

Final Fantasy VI - Mundo da Ruína - Blog Farofeiros

No joguinho o Mundo da Ruína surge depois da primeira tentativa dos heróis de derrubarem o vilão Kefka Palazzo. O grupo que você comanda não é bem sucedido na empreitada e com isso o mundo acaba. O Mundo da Ruína é criado com a ascensão de Kefka, agora um deus, cheio de poder mágico para dominar mundos.

O que acho triste e pertinente de comparação é que o país conseguir derrubar nosso vilão depois que ele destruir nosso mundo. Sim, o Brasil só irá acordar quando o Brasil acabar. E isso no meio de uma pandemia.

Final Fantasy VI - Mundo da Ruína - Blog Farofeiros

Não tenho motivos para me arrepender do que digo ou faço. Espero que esses governantes que estão ignorando o povo sofram muito. Do fundo do coração.

E, por favor, fica em casa.

Pensamento do Dia

Keefka Palazzo - Final Fantasy VI - Pensamento - Blog Farofeiros

Esse pensamento foi inspirado por um tweet do Alvaro Borba, que é um cara meteórico. Pena que não gostou dos meus textos, mas só porque ele não quis.

Last modified: 5 de abril de 2020

2 Responses to :
Mundo da Ruína

  1. Pingback: Som de comida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.