Action Comics #1000 - Superman vs. Lex Luthor no xadrez

Como não votar no Lex Luthor

Escrito por | Pensamento


Como não votar no Lex Luthor

Este blog está em constante mudança, as vezes confuso, as vezes ausente mas nem por isso vamos deixar de falar coisas importantes como eleições e como não votar no Lex Luthor.

Hoje o noticiário chega a ser catatônico: o governo do Rio de Janeiro irá decretar falência após às Olimpíadas, o zelador do triplex que depôs contra Lula se candidatou à vereador, planeja-se privatizar hospitais, escolas e creches, fim do programa contra o analfabetismo. Você sabe que eu poderia continuar com esta lista por mais algumas linhas, poderia dar nomes aos bois além de levantar uma bandeira partidária que me agrada, mas não vou.

O que gostaria de fazer hoje é quase uma suplica à todos os cidadãos do mundo todo que irão votar: não votem em vilões. Você conhece nomes como Lex Luthor que se tornou presidente dos Estados Unidos, Norman Osborne que roubou uma armadura do Homem de Ferro e se tornou diretor da SHIELD, e J. Jonah Jameson que se tornou prefeito de Nova Iorque. Pelo ódio e pela vingança, invocando os bons costumes e o bem estar coletivos esses super vilões chegaram ao lugar que queriam com a ajuda do povo. Sim, sei que são personagens de ficção, mas será mesmo que não existem similaridades com a vida real? Me diz, como não votar no Lex Luthor?

Como não votar no Lex Luthor

Será que você consegue não votar em alguém que seja ficha suja, com ou sem lei aprovada? Você consegue votar em um plano de governo sem olhar partido ou interesses pessoais? Chega de perguntas, você não deve votar em pessoas dúbias ou com interesse demasiadamente suspeito em chegar ao poder.

Não vote em quem faz ou fez artimanhas para chamar sua atenção, não vote em quem tem uma equipe de marketing mais bem treinada do que equipe de governo. Não vote em quem trai a própria ideologia partidária, não vote em quem mistura política com religião, não vote em quem se vende como uma pessoa excelente apesar de roubar e ter diversos processos contra ele. Lex Luthor não conseguirá comprar o voto de todos se todos pensarem assim. É simples não votar no Lex Luthor.

A questão principal deste problema é que temos diversos vilões e nenhum herói, o voto individual não chega a feri-los ou tira-los de seus cargos. Se o povo se unisse de verdade talvez não precisaríamos procurar por heróis no meio desse bando de cobras.

Pensamento do Dia

Passaporte alemão é a melhor saída.
Samba enredo da Unidos dos Farofeiros, bloco de carnaval que estreia em 2020 na Sapucaí.

Veja mais...


Última alteração: 22 de outubro de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.