Rura - O Espadachim de 9 dedos

RURA – O Espadachim de 9 dedos

Escrito por | Quadrinhos


RURA – O Espadachim de 9 dedos

A política nacional anda uma bagunça mesmo, não importa o lado que você escolhe a coisa sempre pode piorar. Ou melhorar, tudo depende do seu bom senso. RURA – O Espadachim de 9 dedos é um mangá de esquerda que coloca personagens da política brasileira em um embate de vida e morte.

Criado por John Corrêa o mangá conta com 13 páginas por enquanto e está disponível no Facebook. O desenhista de 24 anos de Belo Horizonte ainda lançará mais quatro páginas fechando o primeiro capítulo e promete vender a cópia física em breve. O gancho para o segundo capítulo também está armado.

Rura - O Espadachim de 9 dedos

Apesar do aparente engajamento político o autor não quer fazê-lo uma arma política. Segundo entrevista ao D24am o autor sempre achou a política brasileira um tanto cômica “sobretudo na reação do povo, essa polarização. Então, comecei a associar isso tudo com desenhos japoneses e filmes clássicos japoneses dos anos 1970. No ‘Rura’, eu busco expor de forma mais cômica o que, de fato, acontece com a polarização” conta.

Como é de conhecimento de muitos algumas páginas de direita endeusam demais seus políticos os colocando como heróis ou mitos, esta versão tenta fazer o mesmo mas com a esquerda nacional. A origem de Rura foi graças à um desses casos “Um dia, eu estava lendo uma daquelas páginas de direita colocando o Bolsonaro como um herói, aí eu pensei na capacidade que essas figuras têm de gerar uma saga. Foi quando comecei a fazer esboços do Lula samurai, do Bolsonaro ninja, e escrevi um minirroteiro para quatro páginas”.

Rura - O Espadachim de 9 dedos

Independente da orientação política fico feliz de ver algo assim, é aí que a crítica política e social começa a brotar. A arte é simples, mas se você consegue passar uma mensagem ainda mais com bom humor, já é mais que válida.

Só espero que os opositores políticos não prejudiquem Rura, do jeito que anda a cabeça do povo as vezes é muito difícil discutir política até com piadas.


Última alteração: 26 de abril de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.