O Batman é fascista?

Escrito por | Filmes, Quadrinhos


Diversas personalidades da internet tem demonstrado que acreditam que Batman é fascista… Mas de onde tiraram essa ideia?

Andam dizendo que o Batman é fascista em diversos quadrinhos, principalmente na obra prima Batman – O Cavaleiro das Trevas de Frank Miller. Preciso falar antes de qualquer coisa que não acuso nenhum autor nem sua obra de nada, mas avalio sua obra. O Batman – O Cavaleiro das Trevas é um dos meus quadrinhos favoritos de todos os tempos e até suas continuações menos impactantes, eu gosto. As verdades desconfortáveis da obra não impedem que eu a critique e nem diminuem o trabalho do autor.

Alguns acreditam que o herói tem uma visão altruísta e que a sua operação sempre envolve mais pessoas para disseminar uma ideia. Seja Alfred, Asa Noturna, Robin ou até a Liga da Justiça, Batman nunca opera sozinho como um bacamarte da justiça pois ele almeja criar um mundo melhor e tenta inspirar outros a fazer o mesmo.

Batman é fascista - Arkham - Blog Farofeiros

A resposta não é tão rápida e tão simples como deveria ser. A questão toda gira em torno de quem está escrevendo a história do Batman naquele momento.

A violência é um dos fatores mais fascistas que alguém pode apontar. Em diversas situações o uso é de maneira desnecessária, afinal todo vigilante de colã faz isso. Seu lema nos quadrinhos de não usar armas de fogo pode parecer nobre mas como visto em Cavaleiro das Trevas, de Frank Miller, se ele pode o herói irá aleijar o vilão. Seja ele um peixe grande ou pequeno, Batman faz o papel de júri, juiz e carrasco.

O tema é complicado e dispenso a opinião de extremistas e intolerantes, aqui não temos espaço para comicsgate. E, obviamente, somos antifascistas. Dito isto vamos ao que interessa.

O uso da força

Batman é fascista - Frank Miller - Blog Farofeiros

O uso da força é prática comum e inquestionável de regimes fascistas e de historias em quadrinhos em geral. Mas isso não quer dizer que o herói seja de fato fascista. Enquanto historiadores, cientistas políticos e outros estudiosos debatem calorosamente sobre a natureza e a origem do fascismo podemos aproveitar e descobrir o que o autor Frank Miller pensa sobre o tema.

“Qualquer um que pense que  Batman era fascista deveria estudar sua política. O Cavaleiro das Trevas, se é alguma coisa, seria um libertário. Os fascistas dizem às pessoas como viver. Batman apenas diz aos criminosos para pararem.”

Frank Miller

O uso da violência (ou força) como única solução não é exclusividade de Batman. Virtualmente todo herói dos quadrinhos, super poderoso ou não, usa da violência para se dar voz ao que considera justiça.

Em O Cavaleiro das Trevas então Batman é fascista apenas por que a situação daquela realidade distópica exige que ele haja daquela forma. Enfrentar bandidos, racistas e até um super alienígena sob controle do governo é sua resposta violenta à corrupção de Gotham City.

Batman é fascista - Greg Capullo - Blog Farofeiros

A Guerra Fria e o governo americano presidido por Ronald Regan eram os assuntos na época da criação dos quadrinhos. Aquele mundo absurdo criado seria uma extrapolação do que se via naquela realidade.

Os vilões na história de Frank Miller usam a violência sem motivo, não lutam por causas econômicas ou sociais. Nesta história os vilões são maus apenas por gostar da maldade, mas quando Batman humilha seu líder aqueles jovens se tornam um exército do cavaleiro das trevas que os inspira à lutar contra o sistema.

Ainda em O Cavaleiro das Trevas um psicólogo que “cura” Duas Caras e o Coringa considera Batman um fascista dizendo que os vilões são frutos do ambiente criado pelo herói. A conclusão que se chega nesta história é que Batman precisa usar sua força para salvar a sociedade dela mesma.

Batman é fascista - Christian Bale - Blog Farofeiros

Já nos filmes de Christopher Nolan, principalmente em Cavaleiro das Trevas, o segundo sob seu comando, foi elogiado e condenado por ser uma fantasia e uma apologia contra o governo Bush. A mensagem política, de qualquer forma, não era clara.

Nestes filmes, apesar de se colocar acima da lei, o personagem é extremamente humano e não está sempre certo. Você precisa concordar comigo que quando você assiste um filme de super herói você pressupõe que ele faça as escolhas certas, certo?

Batman vence o Coringa e salva a cidade usando táticas sujas e ilegais, mas como ele é o mocinho tudo fica bem. Fazer o que é necessário para manter a ordem soa como algo que grupos totalitários e fascistas. No filme ainda fica claro que ele usa seu poder financeiro para se proteger e sair impune de suas ações, boas ou más, dentro do contexto da lei.

Politicamente falando ninguém nunca entrou em um acordo sobre os filmes de Nolan, seus filmes são chamados de histórias fascistas e anti-liberais (?) constantemente.

Batman é fascista - Ben Affleck - Zack Snyder - Batman V Superman - Blog Farofeiros

Zack Snyder extrapolou todas escalas em Batman v Superman e neste momento não irei comentar suas ideias para os personagens da DC nos cinemas. Como essas visões atuais dos personagens são bem atrapalhadas irei ignorá-las.

E nem preciso colocar a encarnação de Adam West para discutirmos, preciso?

Os sinais de que o Batman é fascista

Batman é fascista - Batman vs Superman - Frank Miller - Blog Farofeiros

Seria quase impossível que eu consiga analisar sozinho todas histórias criadas do personagem. Para responder a questão se Batman é fascista preciso de ajuda.

O site Voyager tem uma análise interessante sobre A Origem do Fascismo em Batman V Superman. Lá mostram com clareza o que e como Batman é mais uma figura a ser temida do que admirada no filme.

Outra análise bem abrangente é a do canal do YouTube Caverna do Morcego que usa como base o livro Dicionário de Política da Editora UnB (que pode ser lido gratuitamente no link). Também mostra diversas histórias que mostram sinais de sua abordagem no transcorrer de diversas encarnações. (se bem que acabar com o crime usando violência é fascismo… não, não vou discutir isso hoje)

Algumas pessoas admiram mais os vilões como Coringa e Arlequina do que o herói. O motivo disso pode ser social, por se identificar com quem é punido por uma figura intocável e poderosa. Assim quem é contra o Batman, dependendo da história e da situação, pode ser considerado a resistência de um grupo oprimido. O que deixa novamente a janela aberta para atos fascistas do herói.

Repito, tudo depende da história e da situação.

Eu sou a lei

Batman é fascista - Cavaleiro Branco - Blog Farofeiros

O fascismo político visto no mundo real é diferente do que vemos nas histórias em quadrinhos. Constantemente há elementos diversos questionáveis e chamar Batman de porco fascista é questionável também na maioria das histórias. Como o personagem não é uma figura real que pode se posicionar a conclusão dessa história do Batman ser ou não ser fascista é simples: depende.

Há histórias que vemos que os autores usam elementos extremamente fascistas mas há outras que colocam Bruce Wayne apenas como um adulto mimado com sede de vingança.

Hoje, com extremistas políticos saltando fora de seus buracos é comum a palavra fascismo ser usada como ofensa. Mas há também a preocupação real de que o passado se repita de maneira aterrorizante limitando os direitos individuais do cidadão. Não é um discussão fácil, mas é uma discussão necessária.

Batman é na verdade uma ferramenta para mostrar ao mundo como a realidade pode ser e como combatê-la se você for um bilionário com porte atlético e acesso a tecnologias que meros mortais nem sonham em obter.


Última alteração: 3 de junho de 2019

3 Responses to :
O Batman é fascista?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.