O mundo fora da Matrix - Agente Smith - Blog Farofeiros

O mundo fora da Matrix

Escrito por | Pensamento


O mundo fora da Matrix e tudo o que existe em seu quintal.

Platão sabia das coisas e Alegoria da Caverna, não um mito, é o que ilustra esse mundo fora da Matrix que quero falar.

Na atual situação mundial algumas pessoas preferem se imaginar vivendo em luxo em um filme de guerra de maneira estranha e suspeita. Digo isso pois quem vive bem em uma situação de guerra nos moldes de filmes de Hollywood normalmente é o vilão.

Popularizaram e facilitaram a vida de quem é o vilão e quer literalmente dominar tudo para que apenas a uma voz, a dele, seja ouvida. Em um festival de atrocidades que só o pior tiozão do churrasco bêbado e fedido poderia trazer há quem o aplauda de pé. Seus seguidores continuam de costas para a entrada, olhando apenas para si mesmos.

O mundo fora da Matrix - Agente Smith - Blog Farofeiros

O mundo fora da Matrix pode ter várias formas, depende de como os acorrentados olham para as sombras. Alguns pedem um rei, outro pedem um mito, outros pedem armas e reclamam do excesso de educação dada ao povo.

As pessoas continuam a escutar sombras e os tratam como divindades. E o mundo fora da Matrix, ou fora da caverna, se transforma em um comunismo luxuoso totalmente automatizado gay espacial. Com isso qualquer motivo é uma razão para se lutar em nome da sombra vista dentro da caverna.

O mundo fora da Matrix - Agente Smith - Blog Farofeiros

Estou cansado de ver atrocidades e absurdos de gente que está feliz com a alta dos combustíveis, com a alta do dólar e o desmantelamento do patrimônio nacional. Isso tudo enquanto a população é dizimada em nome de uma pátria que os odeia.

Infelizmente estamos enfrentando algo inédito no mundo e é sempre quem mais precisa de ajuda que sofrerá mais. Não é triste isso? E mais irônico ainda é pensar que quem mais gosta de usar o termo de “o mundo fora da Matrix” nem percebe que o filme foi escrito por duas pessoas que estão lá fora de verdade.

Pensamento do Dia

Assim como Sócrates sentiu que era necessário criar uma tensão na mente para que os indivíduos pudessem elevar-se da escravidão dos mitos e meias-verdades ao domínio irrestrito da análise criativa e da avaliação objetiva, também devemos ver a necessidade de que mosqueteiros não-violentos criar o tipo de tensão na sociedade que ajudará os homens a se erguerem das profundezas sombrias do preconceito e do racismo para níveis majestosos de compreensão e fraternidade.

Dr. Martin Luther King Jr.

Toda semana tem um pensamento diferente. As vezes bom, as vezes ruim. Mas sempre tem.


Última alteração: 27 de maio de 2019

3 Responses to :
O mundo fora da Matrix

  1. Pingback: Orgulho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.