Categorias
Pensamento

Me pergunte sobre minha agenda feminista

Vamos lá, me pergunte sobre minha agenda feminista. Não, minha agenda não é feminina, é feminista.

Não compro quadrinhos faz tempo, acompanho o que o Rockerz publica por aqui mas sou seleto no que compro. E o caso desta tradução covarde da Panini é um bom exemplo dos motivos de não comprar quadrinhos desta marca.

O conservadorismo babaca chegou no Homem Aranha onde “Ask me about my feminist agenda” deveria ser traduzido para “Me pergunte sobre minha agenda feminista”. Mas algum editor com medinho resolveu TROCAR o termo para feminina. 

Juro que estava com um outro texto pronto quando me alertaram quando deste caso. No Twitter colocaram a versão americana e a brasileira lado a lado.

O nerd bazingueiro é uma instituição que parou no tempo. Provavelmente deve ser fã de Rob Liefeld e deve se ofender com a Thor. Com certeza deve se cagar de medo da Mulher Maravilha e Capitã Marvel.

Esse tipo de autocensura me lembrou como os quadrinhos eram censurados na Itália durante o regime fascista. Durante essa época era preciso exaltar o heroísmo, o patriotismo e a superioridade da raça (sic) italiana.

Não precisamos que a Panini censure o “Me pergunte sobre minha agenda feminista”, já temos velhos babões machistas o suficiente pelo Brasil.

Isso por que nem falamos de Comicsgate por aqui apenas por que no Nebulla tem um artigo excelente sobre o assunto.

Me pergunte sobre minha agenda feminista - Harpia - Blog Farofeiros

Representatividade é importante e a Marvel Comics é o melhor exemplo disso. Mas pelo visto a Panini não concorda muito com isso.

Por aqui compramos quadrinhos nacionais muito raramente. O americano chega em qualidade melhor e em preço parecido (às vezes). Pelo menos você paga por algo que valoriza o ser humano e não uma hipocrisia conservadora.

Neste artigo em inglês do Medium você confere a história original da camiseta do Homem Aranha.

Pensamento do Dia

“Eu odeio homens que têm medo da força das mulheres.”

Anaïs Nin – Henry e June: diários não expurgados de Anaïs Nin? ?1931-1932

E não se esqueça, você não está sozinho e unidos venceremos. Afinal, não podemos perder.

Por Othon Chievo

Mente e bigode brilhantes em um mar de falta de luz. Simplesmente superior. Exu de direita. Conservador de esquerda. Metamorfose estática.

Pensador contemporâneo que fala besteiras apenas para irritar os outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.