Categorias
Quadrinhos

Mutantes fascistas?

Deadpool acha que os habitantes de Krakoa são mutantes fascistas. Eita.

Não é qualquer opinião que levo em conta hoje em dia – vivemos em tempos sombrios e constantemente somos bombardeados com ignorância e preconceito alheio. Mesmo assim quando leio algo que me arremete algo negativo tento pesquisar pelo menos um pouco para entender o que acontece. É o caso de Deadpool #6 onde o protagonista grita – diversas vezes – que os X-Men, habitantes de Krakoa, são mutantes fascistas.

Acredito ser por culpa do atual momento político mundial, mas o roteiro da excelente Kelly Thompson me deixou com um embrulho no estômago que me fez ficar pensando no gibi por um bom tempo.

Mutantes fascistas - Deadpool #6 - Marvel Comics - Blog Farofeiros

Primeiramente fui impactado com o fato de que Deadpool não é mutante. Bobeira minha, nunca me importei com essa questão realmente, e agora com o fato jogado na minha cara acabei me assustando. Mas isso é o que menos me chamou a atenção na história.

Só para que você possa entender um pouco melhor a confusão: nesta série Wade Wilson se tornou o monarca (de coroa e tudo) da Ilha Staten. O mercenário bocudo matou o rei monstro (?) e, segundo a lei dos monstros, quem mata o rei se torna o rei. Não li a história toda, só li essa edição por culpa do Bleeding Cool.

Entre os diversos absurdos comuns em um gibi do personagem Wade simplesmente VESTE um mutante para poder entrar em Krakoa. É preciso de tal artimanha para se entrar na ilha mutante pois apenas as pessoas dessa raça podem passar pelos portais espalhados pelo mundo.

Para entender bem tive que ler alguns reviews norte americanos. Li no Weird Science Marvel Comics, Comic-Watch e no But Why Tho? e todos eles gostaram do gibi no geral. Ninguém mencionou o fascismo como assunto delicado – como foi para mim.

Mutantes fascistas - Deadpool #6 - Marvel Comics - Blog Farofeiros

Li tais reviews pois o gibi não é escrito para mim, um brasileiro perto da meia idade que ainda gosta de gibis de super heróis norte americanos. Por mais que goste do trabalho de Kelly Thompson ela não escreve para mim, ela escreve para seu público jovem norte americano, como qualquer gibi da Marvel ou DC Comics é assim. Não veja isto como uma crítica, as coisas apenas são dessa forma.

Não sei se um norte americano tem ideia do que passamos no Brasil. Afinal o fascismo bate a nossa porta a cada 100 mortes de COVID 19 falando que é só uma gripinha. Ver Deadpool repetir a ofensa contra os X-Men constantemente me deixou realmente incomodado.

Mutantes fascistas - Deadpool #6 - Marvel Comics - Blog Farofeiros

Os motivos de Deadpool chamarem os X-Men de fascista são dois: não ter sido convidado para a ilha depois de tudo o que ele fez pelos mutantes e por acreditar que eles tem a cura do câncer e não a compartilham. Bem, Deadpool não foi convidado por não ser mutante e por ter sido calculado que existe 97% de chances de ele destruir a ilha. Quanto ao câncer, os mutantes tem a cura da morte (para os mutantes), mas a cura do câncer eles não tem.

Os X-Men simplesmente não tem o que Wade Wilson precisa para ficar sem sua doença. E mesmo assim ele – ou a autora – insiste em chamar os mutantes daquilo que tem assustado boa parte dos brasileiros. Mesmo quando lhe oferecem uma “compensação”, afinal ali são todos amigos.

Mutantes fascistas - Deadpool #6 - Marvel Comics - Blog Farofeiros

Então como compartilhar algo que você não possui? Será que você se torna fascista por se preservar junto de daqueles que são iguais a você? Gritar por mutantes fascistas é fácil, difícil é tentar sobreviver (ou reviver) em um mundo que te odeia.

Veja bem, considero que isto possa ser apenas minha visão particular da história. Talvez eu esteja com medo do fascismo no mundo real o suficiente para não conseguir brincar com isso. Sei que isso é possível, só não sei se é real, ou se a piada para norte americano ver é muito diferente do que podemos ver em um país de terceiro mundo.

O recado final de Deadpool com a placa impedindo mutantes de entrar na sua ilha me pareceu uma menção racista. De mal gosto mesmo. Contra mutantes em um gibi, mas racista. No lugar de falar de mutantes fascistas eu deveria falar do Deadpool monarquista racista.

Mutantes fascistas - Deadpool #6 - Marvel Comics - Blog Farofeiros

No final o que consegui concluir é só que essa piada ficou parecida demais com a nossa realidade, por isso não gostei.

Por Rodrigo Castro

Debochado e inconveniente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.