Star Wars: O Despertar da Força

Escrito por | Artigos, Filmes


Não consigo me lembrar quando eu comecei exatamente a gostar de Star Wars… Quando pequeno me lembro de ficar sentado entre meu quarto e a sala para assistir ao mesmo tempo O Império Contra Ataca e alguma coisa da Caravana da Coragem… eu era criança e tudo era legal demais. Sim este post tem alguns spoilers.

Até lançarem a nova trilogia, também conhecida como Star Wars I, II e III meu filme favorito da saga era o episódio V, O Império Contra Ataca mesmo… e continuou assim, o Vader adolescente não me convenceu muito mas fazer o que? Vader ainda é um dos meus personagens favoritos.. mesmo morto. Sonhei com o dia que George Lucas iria anunciar uma nova trilogia, a que levaria a história para o futuro (da futurística saga) para além… O anuncio chegou, mas diferente do que eu esperava, ainda desacredito como George Lucas teve coragem de largar o osso dessa mina de ouro vendendo tudo para a Disney.

A dona do Mickey Mouse e da Marvel não pestanejou, anunciou nova trilogia e diversos spin offs… e a espera finalmente acabou… Depois de uma premiere que me revoltou ao colocar Youtubers e Rob Liefiled em sessões especiais do filme fiz a loucura de ir numa sessão de cinema às 00:01 para poder ver no que deu toda essa história e… A força despertou… Imaginei com lágrimas nos olhos como seria ver esse momento finalmente.

Depois de um dia de trabalho, reunião, jantar em família, passear com o cachorro e pegar trânsito fora do horário de pico em São Paulo cheguei ao cinema ansioso. E confesso sem medo de rasgar toda a seda que posso: o filme é do caraleo das galáxias… mas por que sou um fã radical de Star Wars. O filme começa com a Resistência, um braço associado à República comandado pela General Leia Organa, em busca do mestre jedi Luke Skywalker… só ele teria a força para ajudar contra uma nova ameaça, a Primeira Ordem, uma organização sinistra que aparentemente é ligada ao lado sombrio da Força.

Em Jakku o melhor piloto da Resistência, Poe Dameron encontra um mapa incompleto que mostraria a localização do mestre jedi… mas a Primeira Ordem também está e manda seus soldados até o planeta para conseguirem tal informação. O sombrio (e emo) Kylo Ren é um usuário da Força… , que apesar de parecer um sith, não mostra ter as mesmas habilidades dos mesmos (nota minha: porra o cara segura um tiro laser com a força!!!). Entre seus soldados clones ele percebe o despertar da Força em um deles, para o qual não dá muita importância… O mesmo que momentos depois acaba salvando o herói da Resistência… Durante a fulga, os dois se separam e Finn (o soldado “traidor”) vaga sem rumo até encontrar Rey e o BB-8 de Poe, que identifica a jaqueta de seu dono, agora perdido (ou dado como morto por Finn). Os dois se separam em Jakku, Finn vaga sem rumo até encontrar ReyBB-8 que o identifica pela jaqueta perdida de seu dono.

star-X-Wings, Kylo ren e Poe Dameron de Star Wars: O Despertar da Força

Uma nave explode, é a Primeira Ordem atrás de todos eles então resolvem usar um ferro velho que não voa a anos… é a Millenium Falcon. Meus olhos suaram pela primeira vez, fã é uma merda mesmo, mas agora podemos dizer que o filme começa! E aqui termina minha descrição do filme… não vou contar mais do que já disse pois existem muitas surpresas para os fãs. Milhares de referências à trilogia original… e, como todos sabemos, Star Wars continua contando a história da família Skywalker.

Preciso criticar a Primeira Ordem, não gostei do chiliquento do Kylo Ren e a Estação Starkiller é uma aberração… me pareceu forçado pois eles precisavam de uma ameaça maior que a Estrela da Morte. O trio BB-8, Finn e Rey funciona… droide e Finn são os alívios cômicos e quando se juntam com Han e Chewie a coisa fica linda…

Minha especulação é que Luke Skywalker falhou em criar uma nova Ordem Jedi por simplesmente não ser um… quem conhece o universo expandido sabe que o lado “cinza” da força existe e lendas são contadas no Universo Expandido a anos que Luke seria o equilíbrio da força (seu pai apenas trouxe o equilíbrio). Aos mais viciados na saga, como eu, vale lembrar de Revan, que é um jedi que largou a Ordem para atuar nas Guerras Mandalorianas… isso rendeu muitas histórias e ele acabou passando de um lado para o outro da força diversas vezes, de sith a jedi e de novo como sith.

Cruzador Imperial abatido nas areias de Jakku em Star Wars: O Despertar da Força

… mas tudo isso é especulação minha mesmo, puto achismo, só teremos certeza de algo no episódio VIII, que tem a data prevista de lançamento para Maio de 2017. Duvido que isso ocorra… mas pelo menos agora sabemos o motivo de Luke não estar no poster de O Despertar da Força. Uma das minhas suspeitas se concretizou, o filme acaba com mais perguntas do que respostas. Não vou cair no exagero de dizer que este é o melhor Star Wars já feito, mas é melhor do que os episódios I, II e III… muito melhor!

Rey, Finn e BB-8 de Star Wars: O Despertar da Força

Kylo Ren de Star Wars: O Despertar da Força


Última alteração: 27 de dezembro de 2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.