Carrie Fisher - Star Wars

Nossa homenagem à Carrie Fisher

Escrito por | Artigos, Filmes


Todos tem falado isso então preciso falar também, 2016 tem sido um ano complicadíssimo. E hoje, só para ajudar, a princesa que escolhemos para inspirar nossa filha nos deixou. Carrie Fisher será eternamente a princesa Leia e eternamente será um exemplo de como 

Eu e Carrie

Carrie Fisher foi o melhor exemplo de princesa que eu e a Jpucca encontramos para nossa filha, nem um pouco recatada, não era do lar, se tornou general e liderou rebeldes… este é o tipo de princesa que precisamos. Leia serviu de inspiração para tudo o que desejamos para nossa filha, a personagem foi a primeira daquela geração à mostrar uma mulher forte e destemida à frente de graves circunstâncias em uma galáxia em guerra. Em Star Wars: O Despertar da Força Leia continuou seu caminho com maestria, chegando ao posto de general independente da tragédia em sua vida pessoal. A princesa Leia é a princesa que escolhemos… mas esta era só uma das faces de Carrie Fisher.

Tanto eu como minha esposa vimos o retorno de Carrie ao papel de Leia como uma renovação de tudo o que ela já havia feito e que a veríamos mais frequentemente… Em breve a veremos em Star Wars novamente e pela última vez, já que ela já havia concluído as gravações de sua participação no próximo filme.

Certa vez Carrie Fisher entrevistou a Madonna para o Rolling Stone e, ao passo que pode não ser a melhor entrevista já feita, é com certeza uma das mais divertidas que já li. Mas por um lado houve uma que me assustou bastante. Também para a Rolling Stone, onde ela fala muito do elenco de Star Wars, do affair com Harrison Ford e com a impossibilidade que haver algo com Mark Hammil. Mas ficou claro os problemas que ela tinha com drogas. É difícil lidar com a dor de alguém que você admira mas ela nem sonha com a sua existência. A frase “As drogas me faziam me sentir normal” sempre me assustou e por isso nunca consegui ver muita graça em seu show stand up… Abaixo você vê o vídeo onde Carrie zoa George Lucas, o texto viria mais tarde fazer parte do stand up da atriz.

Outro ponto importante em sua vida foi o discurso aberto sobre sua doença mental, a maioria dos fãs não deve ter muito ideia do que ela passou depois que fora diagnosticada com desordem bipolar. Ainda hoje doenças mentais são vistas como frescura por boa parte da população mundial, mas graças à compreensão e a luta incessante de Carrie e sua família a situação melhorou com o passar do tempo… talvez esta luta tenha sido a mais importante de sua vida e a menos anunciada. 

Reação à morte

Se podemos dizer algo sobre Carrie Fisher é que ela realmente era amada, algumas desses pessoas são da família, amigos pessoais, amigos de trabalho ou simplesmente fãs. Veja abaixo a reação de alguns deles pelas redes sociais.


É triste o fim

No final fico com as palavras da presidente da Lucasfilm que a colocou como responsável pela definição de heroína da nossa era. Concordo plenamente e que ela seja lembrada pelo seu carisma, alegria e energia inspiradora, é o que todos aqui do Farofeiros desejam aos familiares e todos os fãs como nós que sentiram tremendamente sua falta.


Última alteração: 27 de dezembro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.