Categorias
Pensamento

Pistolando em voz alta

Estou pistolando sem alvo pew pew e para todo mundo ouvir.

Pistolando, do verbo pistolar. Gerúndio, aquele que pistola (discute de maneira incisiva e/ou nervosa). Ver “chutar o balde” ou “chutar o pau da barraca” entre outras variações. Variação do grego “pistolum” que significa “discutir de maneira gritada”, do inglês “pistol are” que significa que os “pistões estão com ar”.

Farofeires de meu coração, esta coluna de “pensamento” semanal deveria se chamar “pistolagem”, afinal nos últimos anos é isto que tenho feito. Afinal pistolar em voz alta virou um verbo bem comum do brasileiro em 2020. Como não ficar nervoso ou irritado com a situação do país? Sei que há aqueles que ignoram tudo, inclusive o bom senso, mas tirando esse tipo de distúrbio, não há como não se revoltar.

Particularmente fiz bastante barulho, abracei uma oportunidade de ajudar a bagunçar o coreto e até fiz algumas coisas interessantes. Hoje o movimento está mais devagar, e sinto que mesmo com o que fiz preciso fazer mais. O pensamento não foi suficiente, recriamos o Farofeiros Cast para tentar xingar de maneira mais efetiva. Mesmo assim, há mais o que fazer, só não sei muito bem por onde começar.

Piratas do Caribe - 2 - Pislotando - Blog Farofeiros

Se temos algo em abundância no Brasil são motivos para ficar pistolando. Alguns bons outros ruins, mas a pistolagem nunca é 100% gratuita quando vemos a situação de maneira correta. Dá para ficar puto com o COVID 19, negligência governamental, radicalismo de quem corta gratuidade de passagem do idoso, economia se recuperando em V de Vai dar merda.

Aí com a Dança do COVID ou o Corona Boat no final mesmo não importa a origem do coronga, a descoberta da documentação para a criação do Conselho Latino Americano de Jornalismo… Nada disso importa para o povo que foi viajar ou que foi brincar em alguma festa clandestina. Não tem como não pistolar e ficar puto com o Brasil de 2020, o presidente de pau fino não deixa a gente descansar um dia sem que não aconteça um crime de responsabilidade e tudo seja jogado para debaixo do tapete.

Preciso pistolar toda hora por conta da Terra plana, por conta dos reptilianos, por conta do comunismo, por conta dos Illuminati, por conta dos babacas com quem jogo videogame, por conta do babaca do Tony Stark. E por isso acredito que 2021 será o ano da pistolagem profissional neste blog – mesmo que às vezes eu me assuste e peça ajuda pra minha chefa. Fazer o quê?

Espero que, apesar de tudo (mesmo), 2021 seja um ano melhor. Mas sei que não vai ser.

Pensamento do Dia

Pensamento - Pislotando - Blog Farofeiros

Neste último pensamento do ano acho que não poderia ser mais verde e amarelo que isso.

Por Rodrigo Castro

Guru de bobajada, coach de piadas sem graça e sommelier de ironia. Também é leitor de gibi e jogador profissional de videogames no easy.

Uma resposta em “Pistolando em voz alta”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.