A Cultura do Amor #MariellePresente

A Cultura do Amor #MariellePresente

Escrito por | Pensamento

Precisamos falar da Cultura do Amor queridos Farofeiros.

Já briguei e me debati por conta do ódio alheio sem êxito, resolvi mudar minha forma de ataque divulgando a Cultura do Amor.

A Cultura do Amor é baseado em um preceito religioso e ateus seguem de bons coração seguem também que é desejar o bem ao próximo. Na Bíblia no livro de Marcos capítulo 12, versículo 31 o segundo mandamento e o maior deles (segundo o próprio versículo) é este:

E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.

Marcos 12:31

Independente de você ser cristão ou não acredito que este é um mandamento importante para a vida, principalmente se você se considera uma pessoa “de bem”. Não sou religioso faz muito anos, e quando era confesso que não via muito desse amor ao próximo ser compartilhado. Fosse fora ou dentro da religião, infelizmente.

Ative as legendas em português no vídeo abaixo para entender como o mundo pode ser melhor se você amar o próximo.

Hoje ainda não vejo muito dessa cultura do amor ser praticada. Seja no trânsito, seja no elevador, seja no emprego, seja no bar, seja na igreja, todos querem é ter vantagem em cima de todos. Todos querem ter as fotos mais curtidas, todos querem ser o centro das atenções, todos querem ser os mais ricos. Objetivos estes normalmente alcançados pisando em cima de várias pessoas em seu caminho no empreendedorismo.

A Cultura do Amor #MariellePresente

O capitalismo selvagem não permite que você ame o próximo como a você mesmo. A motivação política não permite que você tenha compaixão por um amigo. Suas verdades são apenas verdadeiras para você.

Cristão ou não, o que te faz mentir descaradamente e deslavadamente sobre uma execução de uma representante de minorias?

Você acreditando em Jesus Cristo ou não deve saber que ele era um bom exemplo de ser humano (mesmo com os cheat codes que usava). Compartilhava o que tinha e ajudava os pobres, sem falar que perdoou os próprios assassinos. Ou pelo menos ouvi alguém falar isso.

O mundo só conseguirá seguir em frente se houver mais amor e respeito pelo próximo. Independente de religião, raça, crença, orientação sexual ou política.

Não sou livre enquanto outra mulher for prisioneira, mesmo que as correntes dela sejam diferentes das minhas.
– Marielle Franco, amostra do amor ao próximo da vereadora executada dia 14 de Março de 2018.

A Cultura do Amor deve reinar, a representatividade anda junto dela, o respeito, sem ignorância, e sem censura. Com ou sem seus amigos do fórum.

Última alteração: 20 de abril de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.