Categorias
Pensamento

Eu sou o Batman

Não, não sou o Batman, mas o vencedor do Oscars é e é isto que importa.

Mais alguém tem duvida de que o filme só é bom pela referência clara, pornográfica, descarada e obscena da relação do ator Michael Keaton teve com o herói Batman? Você provavelmente pode ter sido concebido após o lançamento do filme, mas em 1989 o traje com abdômen musculoso e bico do herói eram sombrios e aterrorizantes para os bandidos de Gotham City. Não acho que o herói fosse tão poderoso, acredito mais na ocorrência em série de bandidos com bunda mole na dita cidade.

Tim Burton não fazia filmes tão estranhos e, acredite, o filme era factível sem causar azia, ânsia ou mal estar! Mesmo com um Batman com torcicolo não haviam reclamações do tipo que ouvimos hoje em dia, de algo parecer real ou não. Sim, estou falando do Tim Burton que você conhece, sim estou falando do cara que cheira cola e cocaína ao mesmo tempo para ver se fica sóbrio.

O vencedor do Oscars, o tal do Birdman, seria então uma anedota real de Batman? É fato que Keaton largou a série cinematográfica do Batman pois ele não conseguia se olhar no espelho sem ver as orelhas pontudas de seu personagem, no lugar dele vieram Val Kilmer e George Clooney que, como posso dizer? Falar que é um pensamento terrível seria um elogio.

O filme não merecia um prêmio, quem merecia o prêmio era o ator pelas suas escolhas e atuações desde que largou o manto do vigilante vampiresco. Deixou de ganhar (mais) dinheiro, interpretou Besouro Suco, deu uns malhos na Kim Basinger, o que mais um ser humano precisa para viver neste universo? Atuar naquele medonho Robocop é que não precisava, não é mesmo?

Mas tudo bem, todos sabíamos que ao envelhecer, Michael Keaton está com 63 anos, era inevitável que Bruce Wayne caducasse de vez, Birdman é o Batman que nem o Tim Burton teve coragem de fazer e até o Hulk e a Gwen Stacy tiveram que aparecer para ajudar!É claro que a piada não podia sair muito barata e claro que Hollywood abraçou a ideia, bom marketing para eles mesmos no final das contas, mesmo porque ali eles só saem ganhando.

Ainda acho que Michael Keaton foi o melhor Bruce Wayne que já vimos nas telas, desculpe Adam West mas você perdeu, por pouco mas perdeu.

Pensamento do Dia

 “Eu sou o Batman

COOPER, Sheldon … mas eu sou o Batman também! risos

    Envie seu pensamento e fique famoso com sua pérola de sabedoria (ou a falta dela).

    Por Rodrigo Castro

    Guru de bobajada, coach de piadas sem graça e sommelier de ironia. Também é leitor de gibi e jogador profissional de videogames no easy.

    2 respostas em “Eu sou o Batman”

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.