Categorias
Games

Two Point Hospital

Conheça Two Point Hospital, simulador cheio de humor da SEGA.

Quando conheci Two Point Hospital fiquei bem intrigado. Apesar de não ser um bom jogador realmente gosto de simuladores deste tipo. Amo SimCity 4, odeio SimCity 5 mas hoje perco muitas horas em Cities Skylines – jogo para relaxar esses tipos de game. Esperei até a promoção certa na Steam e finalmente comprei o game.

Logo de cara você percebe que o game se trata de uma sátira com a desculpa de ser uma simulação de hospital. Não há referências a doenças reais e os tratamentos também são piadas. Zeladores caçam fantasmas entre uma limpeza ou manutenção. O game já é de um estilo que gosto, cheio e bom humor também

Essas doenças, tratamentos e a mecânica toda não é cuspida na frente da pessoa que joga, mas a organização é fundamental neste ponto. São dadas lições homeopáticas (aham) de como você pode fazer um pouco de tudo, sem presa e sem ter que se desesperar.

Two Point Hospital não se mostra um game desafiador de início, mas isso não é um defeito já que é o tipo de jogo que demanda muito tempo de quem ousar desafiá-lo. Estratégia e bom humor andando de maneira compassada, sem exageros e sem apelações faz com que você possa apreciar e cuidar da decoração e de sua estratégia sem grandes problemas. As fases iniciais funcionam como tutoriais praticamente, o que e bom já que ninguém começa um game já sabendo o que deve fazer.

Two Point Hospital - SEGA - Blog Farofeiros

Tudo isso para, quem sabe, você ser premiado na noite de gala com prêmio no Two Point Count Healthcare Award Ceremony.

Doenças como Moc Star, Night Fever, Pandemic e Grey Anatomy me fizeram rir e contar a piada para quem estava por perto. Ver uma fila de “doentes” imitando Freddie Mercury e John Travolta é engraçado e você não pode me culpar por rir desta piada. E, detalhe, isto é apenas o começo já que algumas doenças precisam de equipamentos e habilidades especiais para serem tratadas.

Apesar de ser praticamente o mesmo sistema o modo sandbox não me agradou como deveria. Mas a culpa disso é toda minha, afinal, na ânsia de ver todos os cômodos disponíveis e os liberei todos de uma vez. Sim, isso é um erro e para uma experiência agradável recomendo que use o sandbox apenas para isso mesmo, testar cômodos sem ter que se arriscar demais no jogo normal.

Comunidade unida

Two Point Hospital - SEGA - Blog Farofeiros

Diferente de outros simuladores o Two Point Hospital dá ao jogador a chance de interagir com amigos e com a comunidade. Os Super Bug Projects podem ser desenvolvidos entre você e seus amigos ou então em um Global Project.

No Super Bug Project os jogadores que se unem em pesquisas onde o progresso individual afeta o progresso de todos. Os prêmios são bem variados, mas todos dentro da temática do jogo. Recentemente fui agraciado com prêmios como um relógio de tomate, um telefone de banana e uma cadeira de maçã.

Infelizmente não há um modo de jogo Co-Op multiplayer tirando essas pesquisas que, fora as pesquisas globais, lembram ações de jogos sociais. Quase como uma função de “mandar vidas” em qualquer game conectado à uma rede social.

Outra interação que pode passar despercebida são os desafios que podem ocorrer entre você e sua lista de amigos. Neles os jogadores correr para ver quem consegue concluir determinados objetivos mais rapidamente.

Música de hospital

Two Point Hospital - SEGA - Blog Farofeiros

A trilha sonora é algo que normalmente me irrita na maioria dos jogos. Ou é alto demais ou é de algum estilo musical que não entendo. Não posso dizer que gosto de todas as músicas de Two Point Hospital, mas é uma das trilhas sonoras que mais me agradou nos últimos anos de joguinhos. A também engraçadona Two Point Radio fica tocando as músicas entre uma fofoca hospitalar e outra. São mais de três horas de conversas gravadas em forma de programas de rádio dos mais variados.

O livro não está na mesa

Two Point Hospital - SEGA - Blog Farofeiros

Se o game te agradou até aqui pesquise bem pois os valores variam muito de uma loja para outra, principalmente no PC. Diversas expansões e itens novos já foram disponibilizados para venda, mas até o momento não vi necessidade de comprar nenhum deles. Talvez com mais tempo de jogo isto mude.

Two Point Hospital está longe de ser um jogo ruim, mas não é o melhor simulador deste tipo que já joguei. Porém é um jogo divertido sem muito compromisso com a realidade, escapismo da melhor qualidade para se jogar enquanto se trabalha por exemplo. Sim, sou desses.

Não entendo o game não ter sido traduzido para o português, não há explicação cabível para a desenvolvedora ou a SEGA não disponibilizarem Two Point Hospital na nossa língua. Há grupos que já traduziram o game mas se utilizam de downloads suspeitos para isso, obviamente não recomendo esse sistema. Utilizando-o você poderá perder o game e até a conta na Steam. É complicado a falta de suporte para o português mas não há o que fazer além de reclamar no fórum.

As coisas andam bem estranhas na SEGA e não é de hoje.

O game foi lançado em Agosto de 2018 pela desenvolvedora Two Point Studios e é distribuído pela SEGA. Two Point Hospital está disponível para Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One, Mac OS Classic, Windows e Linux. Além disso ele está incluso no serviço Xbox Game Pass. O jogo infelizmente não é cross plataform e também não é traduzido para o português em nenhuma plataforma, nem na Steam.

Por Rodrigo Castro

Debochado e inconveniente.

2 respostas em “Two Point Hospital”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.