Demolidor do Netflix: A segunda temporada!

Escrito por | Artigos, Séries


Demolidor ganha uma segunda temporada extremamente violenta e empolgante pelo Netflix!

Demorei para conseguir assistir tudo… a vida real tem sido bem chatinha conosco aqui em casa, mas nada como um pedreiro e um serralheiro deixarem de virem trabalhar em um sábado para que pudéssemos atualizar nossas séries no Netflix e, claro, Demolidor era prioridade. Até que assisti bastante de uma vez, fomos do primeiro ao décimo em uma pataquada só… mas sou idoso, não aguento muito então deixei para outro dia, aí a internet pifou, aí o técnico atrasou, o cabo mudou de lado e Demolidor ficou para ontem… muitos spoilers a seguir!

Se preferir clique aqui e veja o que você pode esperar dessa nova temporada ou, se você ainda não viu nada, veja o que você precisa saber… não tem spoilers nos links! 😉

Acabei de assistir e assustei a patroa pois tinha que vir aqui escrever as minhas impressões da série que abriu os olhos dos fãs de quadrinhos da Marvel para uma porção mais adulta do universo cinematográfico da editora… ainda mais nesta nova temporada com a introdução de Elektra e ninguém menos que o Justiceiro. A origem dos personagens acabou se misturando, mas nada que fosse odiosamente ruim, ficou plausível e acaba amarrando a trama… mesmo que ela se arraste atrás de Karen Page tentando fazer sei lá o que. O tom é bem diferente da primeira temporada já que não temos o rosto de um grande vilão… são vários!

Esta temporada começou meio fria, só esquenta mesmo quando Demolidor fica de lado de Justiceiro toma o palco. A interação entre Elektra e Demolidor só fica interessante perto do final, quando o Justiceiro começa a sair de cena… no final da temporada mesmo. Confesso que não foi tão impactante quanto a primeira temporada ou Jessica Jones, mas se a série fosse renomeada para Justiceiro eu não acharia ruim e ainda teriam cortado a chata da Karen Page que já deveria ter morrido. Sim, nos quadrinhos ela já morreu a muito tempo e não tem esse lance de ela virar jornalista… preferia o Ben Urich vivo. Falar para ela da sua identidade secreta também não foi uma boa ideia Matt.

Demolidor ou Justiceiro?

Frank Castle manda na parada toda, é violento e implacável, deram uma motivação absurda para o personagem que envolve a morte de sua família em um esquema de acobertamento de ações da promotoria de Nova Iorque para tentar encontrar um grande traficante que, no final, também está ligado à Castle. O primeiro encontro do Justiceiro com o Demolidor não poderia ser melhor, transportaram muito bem a cena abaixo dos quadrinhos para as telas. O drama e a tensão toda estavam lá, é incrível o que uma nova mídia pode fazer a uma mesma história.

Matt Murdock fica rondando Justiceiro até que decidem fazer a coisa certa quando Demolidor o salva do cativeiro. Sim, o Demolidor é puritano daquele jeito mesmo, usa a violência para enfrentar a violência, aleija, quebra mas não mata. A série é do Demolidor mas parece a do Justiceiro, me peguei por diversas vezes torcendo para que ele aparecesse… e acho que Wilson Fisk concorda comigo.

Demolidor: Justiceiro e Elektra entram para a briga

Elektra e a morte

Esses dois só mostram sua real importância à trama no final da temporada, onde o casto só tenta fazer o que deveria… e Elektra acaba caindo nas mãos do inimigo. Confesso que esperava a morte da moça, posso dizer que era óbvio até devido ao roteiro pronto para levar a heroína ao paraíso, mas todos sabemos que isso não existe então resolveram mandá-la para o inferno… nisso eu queria sim que fossem mais próximos aos gibis, tudo bem que do jeito que foi feito ficou factível mas seria uma bela entrada para o Mercenário, esse sim arqui-inimigo do Demolidor e sua contraparte maligna.

Nos quadrinhos, depois de uma briga lendária orquestrada por Frank Miller o Mercenário acaba empalando Elektra com sua própria arma e, segundo o autor, morreu para nunca mais voltar… mas estamos falando de gibis e a morte nunca é levada muito a sério. A Marvel resolveu oficializar nas telas que Elektra morreu e vai ressuscitar com todo o lado demoníaco que o Tentáculo pode doar. Para mim a morte de Elektra foi uma besteira sem tamanho, deixa-la nas mãos de Nobu, um soldadinho raso chega a ser vergonhoso… durante a luta final os dois já estavam sobrepujando o vilão. É… estou revoltado mesmo… morte besta e sem motivo.

O Tentáculo

Confesso que já não sei o papel exato do Tentáculo nisso tudo, achei que seriam o braço ninja da Hydra (ainda bem que não é) mas ainda estão encobrindo o misticismo nas histórias do Demolidor… O demônio da Cozinha do Inferno não é um personagem paranormal mas seus inimigos o são com frequência absurda. Quando a série mostrou aquele buraco sem fundo eu não pensei em Céu Negro, pensei em Kulun, já que Nova Iorque tem um portal para a terrinha do Punho de Ferro, como existem referências chinesas para todo lado achei que seria mais uma…

O Tentáculo da série tem servido como um bando imenso para o Demolidor bater, por enquanto… vamos ver o que farão com o corpo da Elektra.

Easter Eggs

Como agradar os fãs dos quadrinhos? É só encher de pequenas referências a série toda que todo mundo vai adorar… desde um CD escrito Micro (uma provável referencia à Microship, o fornecedor de armas e o ajudante mais habitual do Justiceiro e um contato de Skye de Agents of Shield) até uma aparição de Joe Quesada, editor chefe da Marvel Comics, era um dos ninjas no telhado na batalha final contra o Tentáculo… não consegui identificar nenhum gordinho de preto. Vou listar mais alguns abaixo:

  • Dogs of Hell é uma gang de motoqueiros conhecida no universo Marvel, ela já apareceu na primeira temporada de Agents of Shield.
  • Durante a luta final de Elektra e Demolidor contra o Tentáculo é possível ver a Torre dos Vingadores ao fundo.
  • Referencias à outras séries: Marcy (a amiga de Foggy) fala de Jessica Jones e Claire fala de Luke Cage sem contar a advogada Jeri Hogarth oferecendo sociedade para Foggy. Só acho que está na hora de um personagem aparecer na série do outro.
  • Blacksmith é um vilão no universo Marvel, mas ele é um skrull verde com o queixo enrugado que pode mudar de forma.
  • As ameaças que Wilson Fisk faz para Matt Murdock parecem se referir à história Born Again, também de Frank Miller, nela o Rei do Crime parte para cima do advogado… seria essa a trama da terceira temporada? A parte boa é que acho que a Karen Page morre nessa história.
  • Melvin Potter, o inocente que faz as roupas super descoladas para a turma do Demolidor parece que vai se tornar realmente o vilão Gladiador, além da roupa podemos ver desenhos em sua bancada com o uniforme do personagem dos quadrinhos.
  • Como disse acima, a cena do telhado em que o Justiceiro amarra o Demolidor e gruda uma arma em sua mão é quase uma cópia (no bom sentido) do gibi de Garth Ennis.
  • A enfermeira Clarie foi destacada para o turno noturno devido aos acontecimento na série Jessica Jones.
  • Quando Karen Page invade a casa dos Castle existe um desenho na parede de Darth Vader lutando contra alguém.
  • Nos quadrinhos a van do Justiceiro é um ícone. Praticamente um dos personagens mais importantes.
  • Vemos o nome de uma empresa chamada Cybertek em um jornal, essa empresa é a que criou Deathlock na série Agents of Shield. A Roxxon também já foi vista nos filmes do Homem de Ferro, Agents of Shield e Agent Carter.
  • O novo bastão do Demolidor é mais uma inspiração dos quadrinhos e funciona bem do jeito que foi mostrado.

Será que existem mais easter eggs? Com certeza… é preciso um sonar para notar todas!

Demolidor: Planos do Gladiador

Veredito

A segunda temporada de Demolidor é excelente, não pelo herói no título mas sim pela introdução do Justiceiro. Do surgimento do vigilante, ao julgamento, prisão e libertação é tudo muito bem maquinado e extraordinariamente divertido. Sim, é violento ao extremo, existem cenas de mutilação desnecessárias mas a essência do personagem é essa mesmo, ele não tem super poderes apenas um monte de armas e balas prontas para acertar quem vende drogas, rouba e mata inocentes no universo Marvel nas telas.

Para a terceira temporada eu espero que Karen Page morra, Justiceiro volte, Luke Cage de socos e Jessica Jones use seu sarcasmo. Sim, é preciso interligar logo esse povo já que a meta é chegar aos Defensores e Punho de Ferro nem apareceu ainda. Por enquanto só podemos esperar por outra maratona de Luke Cage que estreará dia 30 de Setembro.

Demolidor: O sorriso do demônio

Veja mais...


Última alteração: 3 de fevereiro de 2017

4 Responses to :
Demolidor do Netflix: A segunda temporada!

  1. Fabiana disse:

    Meu Deus do céu, é tão bom saber que não é só eu que não gosto da Karen e que preferia que o Ben ficasse vivo só invés dela!

    1. Rockerz disse:

      E não é? Sacrilégio! 😀

  2. Timbricius disse:

    Achei a Karen Page interessante. Pelo menos dá alguma relevância à personagem que, se não me engano, é quem vende o segredo do Demolidor ao Rei do Crime em troca de drogas. Aliás, há algo no passado dela (na série televisiva) que eu acho que vai acabar fazendo esse mesmo papel.
    Elektra eu achei mal feita. Em tudo. No final fica mais ajustado a personagem, mas no começo achei ridículo. A primeira cena de luta com o Demolidor, quando a Yakuza invade o apartamento dela, é de dar pena. Parece coisa de filmes dos anos 80. Entram 10 vilões no apartamento. O Demolidor enfrenta 9 capangas homens e ela UMA outra mulher! Mais pro final a personagem melhora, mas o gosto ruim do começo não apaga.
    Justiceiro eu achei muito bom, apesar de achar desnecessário aquele jeitão de matuto que deram pra ele.
    Mas o melhor, pra mim, foi o desenvolvimento da volta do Rei do Crime. É feito de um jeito que mostra o Wilson Fisk realmente como um gênio do crime. Parece que nada é impossível pra ele.

    1. Rockerz disse:

      “jeitão de matuto” foi a melhor definição que achei para o personagem até agora! hehehe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.