Categorias
Quadrinhos

Heróis Renascem de novo em 2021

A Marvel Comics anunciou Heróis Renascem de novo em 2021 e não sei se eu quero ver isso.

Normalmente deixo para falar de grandes merdas no Outra Semana nos Quadrinhos, mas algumas merdas além de grandes são brilhantes e lustrosas. Aí não tem jeito, temos que dar o devido destaque que ela merece. E neste caso a merda tem nome, sobre nome, endereço e até parente distante… Sim, a Marvel Comics resolveu fazer um Heróis Renascem de novo em 2021 e eu não sei se quero ver isso.

Blade, por algum motivo, foi parar em uma outra realidade onde os Vingadores não são os mais poderosos heróis da Terra. Por isso mesmo o Esquadrão Supremo está em plena atividade e, aparentemente, enfrentando um Doutor Fanático, isso mesmo Von Doom como detentor do Cristal de Cyttorak. Confira a bagunça no vídeo abaixo, em inglês.

Confirmado para Maio o evento com argumentos de Jason Aaron (atualmente em Vingadores) e arte de Ed McGuiness a palavra é que isto seria uma “comemoração” (cof cof cof) pelos 25 anos do lançamento de Heróis Renascem original nos EUA. Naquela época Massacre obrigou Franklin Richards a jogar alguns heróis não em uma dimensão onde eles, olhe só, renasceram.

O resultado de Heróis Renascem de 1996 foi que Capitão América perdeu o “A” na testa e ganhou seios (by Rob Liefeld), Homem de Ferro ganhou escapamentos, Gavião Arqueiro deixou de ser roxo e um monte de outras bobajadas dessa mesma linha. Lembro-me de ter gostado mesmo de Quarteto Fantástico, que tinha arte de Jim Lee… Mas também não andou. Houve um crossover também deste universo com o da finada WildStorm chamada 3ª Guerra Mundial. A boa notícia é que aparentemente nada disso estará de volta…

Mas tem o “porém” né.

Heroes Reborn 2021 - Heróis Renascem de novo em 2021 - Blog Farofeiros

Sabe-se que Jason Aaron anda bem inspirado no seu título dos Vingadores: é base dentro de um Celestial Morto, todo mundo com a Força Fênix, Cavaleiro da Lua quase destruiu mas salvou o mundo, o primeiro super herói da Marvel Comics foi um tiranossauro. Sim, tudo isso aconteceu durante a run de Aaron no título.

Acredito que tudo seja desdobramento da trama que apresentou o Agente Coulson como associado de Mefisto e mentor do Esquadrão Supremo da América. No entanto, nesta nova realidade, sem Vingadores, vemos algumas coisas bem peculiares.

Como o vídeo acima confirma, Capitão América não descongelou (ou morreu?), Tony Stark nunca ficou preso numa caverna, Carol Danvers ainda é uma piloto do exército dos EUA e Thor nunca levantou o martelo. Mas também vemos Peter Parker sem poderes, Thanos Vampiro com os Anéis do Infinito, Coulson Presidente (!?), Feiticeira de Mercúrio (Silver Witch), Venom Caveira (Black Skull) e até Etrigan, o demônio da DC Comics. Mas tudo isso ainda é pouco pois muitas das imagens não foram explicadas… Na verdade não sei se quero a explicação.

No que vai dar isso? Dor de cabeça para mim. Heroes Reborn #1 será lançado nos EUA em Maio de 2021.

Por Rodrigo Castro

Guru de bobajada, coach de piadas sem graça e sommelier de ironia. Também é leitor de gibi e jogador profissional de videogames no easy.

2 respostas em “Heróis Renascem de novo em 2021”

Bom, como vivemos num país democrático me sinto confortável em deixar minha opinião. Achei essa matéria extremamente vazia, porém com críticas fundadas num medo real: a pouca inspiração de Jason Aaron. Acredito que seu desânimo seja pela ideia em si, ou talvez porque a Marvel infelizmente escolheu esse nome (que trás más recordações) mas a verdade é que de fato o Jasoon Aaron nos vingadores é algo amplamente contestável, tendo em vista as escolhas feitas por ele ao longo do título. Infelizmente ele não faz sombra ao que Bendis e Hickman foram. Com tudo, achei a premissa muito interessante e promissora. A Marvel como a DC muitas vezes sofrem por recorrerem ao óbvio e ao fácil, ver o Aaron com liberdade criativa para fazer algo totalmente novo e diferente é algo q trás fôlego para a editora. Depois da espetacular fase de Jonathan Hickman o mínimo que fãs da Marvel esperam é isso, algo novo, criativo, ousado. Aaron terá a chance de finalmente Explorar o seu potencial após várias edições de mesmice e pouca inspiração na frente dos vingadores. Espero que ele honre essa liberdade e faça coisas realmente novas, que não se contenha em mudar o universo, que ele crie regras e estabeleça alterações corajosas ao universo Marvel, msm sabendo que no fim tudo volta ao status quo ante. Acredito que a principal discordância seja o meu insistente otimismo. De qualquer forma, parabéns pelo site e pelo texto.

O país é democrático mas o meu blog não >:)

Contudo tudo disse que a matéria é vazia e apontou os mesmos problemas que eu… e ainda elogia o texto. Então acho que concordamos no final das contas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.