Defendendo Os Defensores

Defendendo Os Defensores da Marvel

Escrito por | Séries


Os Defensores da Marvel no Netflix

Não há como afirmar que a reunião de Jessica Jones, Punho de Ferro, Luke Cage e Demolidor foi perfeita, não foi mas está longe de ser algo ruim. Pois isso parto defendendo Os Defensores e essa breve reunião dos quatro personagens.

Os Defensores nos quadrinhos era um super grupo bem mais poderoso do que essa versão apresentada na série. Podíamos contar com Hulk, Namor, Surfista Prateado e Doutor Estranho., com diversas variações, encarnações e até situações. Em uma delas a equipe formada vivia uma aventura cômica como esses personagens nunca viveram. Dito isto fica claro que não temos como comparar com os quadrinhos.

A Marvel Comics lançou um novo gibi de Os Defensores com estes personagens da série, mas é algo bem recente.

E atenção, haverá spoilers de todas as séries do Netflix envolvidas e de Os Defensores obviamente.

A história de Os Defensores

Tudo começou com o Demolidor, passou por Jessica Jones, foi para Luke Cage e chegou no Punho de Ferro. Tudo sempre esteve conectado de alguma forma. Esta história é sem dúvida o desdobramento original das séries do Demolidor e do Punho de Ferro. 

Tudo começou quando o Demolidor topa com o projeto Black Sky, uma cerimônia que utiliza ossos de dragões de K’un-Lun para ressuscitar ou dar longevidade à quem bebe-la. Sem uma explicação plausível o Tentáculo escolhe Elektra para ser a escolhida para levar o Punho de Ferro até o local designado e fazê-lo abrir o acesso até os ossos de dragão.

A encrenca fica por conta de Matt querer correr atrás de sua ex-namorada revivida enquanto todos querem impedir que Danny Rand caia nas mãos do Tentáculo. (piada não intencional)

E por falar em Tentáculo está difícil fazer qualquer associação com os quadrinhos, os que fazem alguma referência estão irreconhecíveis. Sabe-se de toda vilania e falta de escrúpulos do grupo, mas são poucas semelhanças reais.

Defendendo Os Defensores da Marvel

Defendendo Os Defensores

Comparando a série com as demais podemos dizer que a série é tão boa quanto a de Luke Cage. As cenas de luta são má coreografadas e erros de edição e continuidade são constantes. Não empolga tanto quanto Jessica Jones e Demolidor infelizmente, mas nem por isso a série é ruim.

Veja bem, estou defendendo Os Defensores pela história em si. Eles mostraram com atores reais o renascimento controverso de Elektra e como ela usurpou o poder do Tentáculo.  Mostra uma conexão com o Punho de Ferro que normalmente não vemos nos quadrinhos.

Na verdade poderia ter sido a terceira temporada de Demolidor, completa com todos os episódios e comas participações especiais. Sem contar que poderiam ter poupado Sigourney Weaver do papel bobo que interpretou, esperava muito mais de um papel que ela assume.

Um dos pontos que mais me agradou foi a interação entre Luke Cage e Punho de Ferro. Nos quadrinhos os dois já são amigos e são uma dupla dinâmica constantemente encontrada em diversas publicações. Não podemos dizer que está idêntico aos quadrinhos pois a amizade apenas começou mas já foi interessante ver as brigas e as piadas entre os dois.

Defendendo Os Defensores da Marvel

Elektra e Alexandra.

Defendendo as referências

Como todo projeto que sai dos quadrinhos é preciso existir referências e easter eggs para deixar os fãs mais contentes com o resultado final.

Talvez a referência aos quadrinhos que mais fiquei feliz de ver Misty Knight perder o braço. Na série solo de Luke Cage uma referência foi plantada e teria ficado daquele jeito, apenas um grave problema que foi solucionado. Agora sem um braço Misty Knight dá mais um passo em direção à personagem conhecida nos quadrinhos.

Ao final Colleen Wing deixa claro que Danny pode ajuda-la, mas não é dito que ela irá ganhar um braço cibernético. Nos quadrinhos que faz isso pela moça é Tony Stark. Cada um usa o bilionário que pode, não é mesmo?

A cena final que mostra Matt acordando mostra uma freira chamando por Maggie. Está é supostamente a mãe de Matt que teria se juntado às freiras e ajudado na recuperação do herói depois de mais uma surra pelas mãos no Rei do Crime dos quadrinhos. Como ele sobreviveu ainda seria um mistério.

Defendendo Os Defensores?

Não é a pior série do acordo entre Marvel e Netflix, mas também está longe de ser a melhor. Podemos chama-la de adendo e serviu apenas para mostrar que esses personagens coexistem no mesmo universo. A cena onde o prédio é demolido é risível e me falta motivos para terem lançado algo como aquilo com o pensamento de que foi uma cena pelo menos razoável.

Defendendo Os Defensores da Marvel

Casamento de Luke Cage com Jessica Jones com Stan Lee como mestre de cerimônia.

Quem sabe a segunda temporada mostra Stan Lee casando Jessica Jones e Luke Cage? Mas podemos contar que os eventos de Defensores irão afetar diretamente a série do Justiceiro… quem sabe em breve ele ficará defendendo Os Defensores também?

Você pode reclamar do que quiser, mas é certo que você iria gostar de ver esse povo em Vingadores 4. Não ia?


Última alteração: 22 de abril de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.