Categorias
Quadrinhos

A arte de Alex Ross

Galeria de imagens e um pouco da história de Alex Ross.

A arte de Alex Ross impressiona. Salta aos olhos dos mais descrentes e impressiona fãs de todas as idades. Por mais que alguém, como eu, possa criticar é inegável o poder de sua arte nos quadrinhos modernos. Levar seu traço realista para personagens fictícios faz os olhos de qualquer um brilhar. Fã ou não.

Pouco importa se você conhece ou não os personagens, se vê em sua arte a alma de cada um. Esses seres míticos representados em todo seu poderio, do jeito que merecem, pelas mãos habilidosas do artista Alex Ross.

A arte de Alex Ross - Coringa - Blog Farofeiros

Ross explodiu nos quadrinhos em 1994 com a minissérie Marvels. Até hoje a história, a narrativa e a arte são veneradas pelos fãs de quadrinhos, independente de qual editora seja a sua favorita. Porém a predileção do artista por futuros distópicos favoritos é óbvia em outros clássicos como as sagas Terra X (2000, Marvel Comics) e Reino de Amanhã (1996, DC Comics).

A seguir você verá comentários, curiosidades e muitas amostras da arte de Alex Ross nas histórias em quadrinhos.

Como a arte de Alex Ross é feita?

A arte de Alex Ross - Superman - Referência fotográfica - Blog Farofeiros

Por ser uma arte mais realista do que o normal e por não utilizar recursos digitais para a criação de sua arte, Alex Ross tem um longo processo de produção. O resultado pode ser visto nas capas dos mais diversos quadrinhos das principais editoras norte americanas.

Suas armas são referências fotográficas (as vezes dele próprio), aerógrafo e uma invejável palheta de cores. O Capitão América é um dos personagens que Ross mais usa seu próprio rosto como referência.

O tempo gasto fazendo o rascunho da arte, a amostra dela, é relativamente maior que a de outros artistas. Pois a preocupação quanto a pose e a referencia fotográfica é essencial para que a arte fique visualmente realista e crível.

A arte de Alex Ross - Coringa e Arlequina - Referência fotográfica - Blog Farofeiros

É surpreendente também o material usado. Inicialmente sua arte usava apenas tinta óleo, o que o limitava de algumas maneiras. Já aquarela nunca foi algo que investiu tempo, não tinha experiência o suficiente para usar tal técnica. Então o material, para a surpresa geral é a tinta guache.

No vídeo abaixo o autor comenta melhor sua surpreendente escolha.

Dos quadrinhos à política

A arte de Alex Ross - Obama - Bush - Tio Sam - Blog Farofeiros

Se você acha que quadrinhos e política não andam juntos se decepcionará com algumas das artes que Alex Ross fez pontualmente. Sem contar a minissérie para a Vertigo chamada Tio Sam que expôs um símbolo nacional norte americano de uma maneira bem diferente da que era divulgada.

Vale ainda destacar as artes acima, com Obama figurando como Superman e Bush como um vampiro sobre a indefesa Estátua da Liberdade.

As minisséries Batman: Guerra ao Crime, Shazam: Poder da Esperança, Liga da Justiça: Liberdade, Superman: Paz na Terra e Mulher Maravilha: Verdade – produzidas junto de Paul Dini – são outro exemplo do quão politizado é o trabalho de Alex Ross.

Galeria de arte

A arte de Alex Ross - Superman Reino do Amanhã - Blog Farofeiros
Superman de Reino do Amanhã

Abaixo você confere uma pequena galeria da arte de Alex Ross. Como seu portfólio é extremamente extenso e não para de aumentar é difícil escolher algumas imagens como favoritas.

A Arte de Alex Ross - Mural Marvel Comics - Blog Farofeiros

Onde comprar a arte de Alex Ross?

A arte de Alex Ross - Superman - Rio de Janeiro - Blog Farofeiros

Hoje o artista possui um site de impressões de luxo, algumas autografadas e de tiragem limitada. Suas artes originais normalmente estão a venda também mas não para o grande público.

Seus trabalhos mais recentes pode ser vistos nas capas de Immortal Hulk e Marvel Comics #1000. Além disso foi anunciado Marvel Snapshots, com capas do artista também.

Os mais fortes e mais poderosos heróis dos quadrinhos ilustram coletâneas como Marvelocity e Mythology, da Marvel e DC Comics respectivamente, também estão a venda (por preços exorbitantes).

O Alex Ross Art vende diversas opções para os fãs abastados e loucos para ter uma obra de arte dessas na parede de casa. Não se engane, as reproduções são caras e, aqui no Brasil, as vendidas são extremamente superfaturadas. Cuidado na hora de saciar sua sede.

Por Rodrigo Castro

Debochado e inconveniente.

4 respostas em “A arte de Alex Ross”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.