Resident Evil 4

Resident Evil 4

Escrito por | Games

Resident Evil 4 finalmente chegou às lojas, por enquanto, exclusivo para Game Cube.

Fãs radicais da série se segurem na cadeira: comparando aos jogos anteriores este é totalmente diferente. Não só a interação com o cenário, mas a jogabilidade principalmente!!!

Confesso que nunca fui muito fã de Resident Evil, mas desse gostei bastante. Dois fatores determinantes: munição farta (chega de ficar desesperado com a faquinha) e não precisamos mais de ink ribbons para save (viva a modernidade).

A história de Resident Evil 4 se passa 6 anos depois do último jogo: a Umbrella aparentemente faliu… mas é de mentirinha. A filha do presidente dos Estados Unidos foi raptada e está em algum lugar da Europa, cabe então ao agente secreto Leon S. Kennedy (de Resident Evil 2) resgatá-la.

Ao tentar localizar Britney Spears a moça Leon vê que não há zumbis… mas existe algo de errado no vilarejo… Não sei dizer como iremos chamar aqueles monstros mas zumbis não são. Estão muito longe disso na verdade.

Pros mais animadinhos com a saia curta da filha do presidente dos Estados Unidos eu já aviso, você poderá ser chamado de pervertido se tentar brincadeirinhas com ela… E sim, se você atirar nela… You Are Dead.

Ah, outra coisa legal é colocar a filha do presidente dos Estados Unidos numa lixeira com a desculpa que é para se esconder de inimigos! Acho que a compra de Resident Evil 4 já vale a pena apenas por isso.

Não vou falar o que há de errado pois realmente não vi defeitos no jogo, Resident Evil 4 não se parece um Resident Evil, mas para mim isso é algo bom. Talvez eu reclame um pouco de um chefe de uns 3 metros de altura que eu ainda não entendi como matar, mas ele sabe me matar direitinho.

Tiro certeiro da Capcom, renovou a franquia e acabou fazendo um dos melhores jogos do ano na minha humilde opinião.

Última alteração: 6/10/2017