Relacionamento venenoso

Relacionamento venenoso

Escrito por | Pensamento

Farofeiros e Farofeiras,

Existem vários tipos de relacionamento prejudicial, mas quando se fala em relacionamento venenoso acredito que eu seja um mestre jedi na situação.

Na verdade o relacionamento venenoso tem um ciclo de cura também, então o nome está errado. Na falta de um melhor ficaremos com ele, mas irei explicar tudo o que penso.

Você se relaciona com uma pessoa, boa ou má ela tira proveito de alguma forma de você. A vantagem pode ser energética, financeira, presencial, virtual, de baixo d’água, praticamente em qualquer lugar e de qualquer jeito irão tirar vantagem de você.

O relacionamento venenoso não é venenoso por conta do veneno, mas sim por conta do envenenamento diário, até que ocorra uma explosão. Mas o pior não é isso, o pior é o ciclo que mencionei. Após essa explosão uma cura de mentirinha é ministrada e tudo fica bem por um tempo, mas sem perceber você está sendo envenenado novamente.

Não é fácil de se identificar nem de sair de algo assim, o mais corriqueiro é quando lhe apontam que você está em um relacionamento venenoso. Você mesmo perceber é difícil.

A solução? Para cada caso existe uma opção mais válida, mas normalmente o total desligamento de quem te envenena é a melhor solução sem sombra de dúvidas.

Um divórcio pode resolver, um bloqueio nas redes sociais, deletar o contato do telefone também.

Mas e quando não há como se desligar de quem te envenena? Como sobreviver ao envenenamento diário por anos, décadas talvez, e ainda assim não explodir e morrer novamente de tempos em tempos?

Não há respostas fáceis, não há atitudes simples. Dificilmente você não sai dessa situação sem quebrar alguns ossos.

A questão toda orbita você, o que você quer e o que você deseja muitas vezes pode ser o contrário do que você precisa.

Pensamento do Dia

Pare de viver na sombra do morcegão malvado. Você não precisa dele. Você é a estrela. Posso ver isso agora. Seu próprio grande sinal luminoso no céu. Deixe-me guiá-lo. Deixe-me te beijar.

VENENOSA, Hera – dando motivos para o Robin mudar de ramo.

Envie o seu Pensamento gurizada.

Última alteração: 25/9/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *