Padroeira

Assim que começamos este blog sempre tivemos o conforto e a bondade em pessoa, na forma de uma santa, nos guiando e apoiando todo o tempo. Ela é uma santa bruta, estúpida, que arrota e assopra na sua cara o que ela comeu pela manhã mas se você reclamar ela entenderá que você quer ver tal refeição quando sair. Salve a Santa Ignorância.

Não há registro de sua imagem mas sabe-se que ela nasceu uma patricinha qualquer de um bairro suburbano de uma grande metrópole e se achava muita merda por isso, depois de morrer de infecção de unha encravada ela foi ao inferno e tamanha foi sua inutilidade que o Diabo em pessoa a mandou de volta para o céu como presente de Natal. O presente foi tão bem aceito que todos os anjos regozijaram ao vê-la adentrar o céu e assim tornando-a uma das santidades mais ativas na Terra já que ela não pôde adentrar a terra santa por falta de um santo forte arrumamos uma padroeira.

Os milagres da Santa Ignorância datam desde 1 d.C., ajudando pescadores em uma ilha na costa da África. Sem a intervenção dela todos morreriam de fome, mas não foi isso que aconteceu, todos lá morreram desidratados. Outro milagre importante foi quanto ao próprio descobrimento do Brasil: ela simplesmente agiu de forma a desviar a nau e nos abençoar com a descendência portuguesa. Não há comprovação de diversos outros milagres mas sabe-se que sua mão santa operou na vida de diversos vencedores de prêmios na mega sena que simplesmente perderam todo o prêmio em prol de um bem maior como alimentar os filhos do amante de suas esposas que encomendaram seus próprios assassinatos.

Passou a era medieval de férias na Reviera Maya e depois reencarnou como o nome de Dercy Gonçalves, tendo voltado pro céu agora ela nos joga merda lá de cima. Hoje é considerada a única santa ovacionada por cristãos, satanistas, espíritas, evangélicos e ateus.

Temos orgulho e oramos em vosso nome pois sabemos que devemos ser muito, mas muito ignorantes para ter como inspiração uma santa dessas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *