Marvel Boy: o garoto maravilha

Escrito por | Artigos, Quadrinhos


Uma das primeiras publicações do selo Marvel Knights a ser lançado no Brasil, a Mythos que nos ajudou desta vez. Escrita por ninguém menos que Grant Morrison e desenhada por J. G. Jones esta HQ é leitura obrigatória para quem gosta de HQ.

Você não precisa conhecer o universo Marvel ou saber o que são Krees ou Inteligência Suprema, basta querer se divertir, não são todas as histórias em quadrinhos que precisam de anos ou décadas de cronologia para se divertir.

As três edições contam como um sobrevivente de um choque de uma nave espacial com a Terra se torna um ditador destruidor e depois detona os planos de um cientista maluco, libera este planeta de uma ameaça interestelar e ainda fica com a mocinha no final… e que mocinha problemática. Ah, falei que o cientista maluco é o pai da mocinha e os dois querem te matar? Sim, só Grant Morrison para administrar uma confusão dessas.

Os personagens são carismáticos e apesar de não corresponderem às suas contrapartes do universo 616 da Marvel (o oficial) a história é bem instigante. Midas provavelmente é um dos vilões mais interessantes que vi nos quadrinhos nos últimos tempos.

Gostei tanto dessa história que vou até ler de novo agora… as chances são grandes (ok, enormes) desta história ser uma das minhas favoritas.


Última alteração: 24 de janeiro de 2017