Categorias
Pensamento

Como continuo aqui

Uma breve história de como continuo aqui neste planeta.

A humanidade tem várias questões, algumas filosóficas, outras científicas e outras bem bobas. Mas não vou falar de algo tão abrangente assim, vou falar de uma questão muito mais pessoal e talvez profunda. Vamos falar de como continuo aqui, vivo, vivendo e as vezes aprendendo.

Vai parecer propaganda política mas não é. Minha infância não foi luxuosa, mas longe de ter grandes necessidades. Uma época ficamos sem telefone, em outra ficamos sem um bom carro mas o Fiat 147 amarelo bebê resolveu esse problema.

Fui uma criança e um adolescente de prédio, sempre brinquei pouco na rua e depois parei definitivamente quando o bairro começou a crescer desordenadamente atraindo uma bandidagem bem ativa. Estudei em bons colégios, fiz faculdade, comecei um MBA mas larguei. Nunca fui um aluno genial e sempre ficava na média. Calma que vou chegar em como continuo aqui.

Sempre trabalhei, poucas vezes com a carteira assinada, muitas vezes com contratos que, aparentemente, serviam para a mesma coisa (só que não). Nunca fui rico mas em alguns momentos fui bem agraciado financeiramente, preciso trabalhar ainda, aliás preciso trabalhar mais. Quero mais dinheiro e talvez fique acomodado por um tempo.

Como continuo aqui - Batman - Superman - Blog Farofeiros Com Br
Apesar de tudo Batman continua aqui.

Nos últimos anos quase morri algumas vezes (mais do que deveria). Nos últimos anos perdi muitas amizades e pessoas especiais que simplesmente pararam de falar comigo. Depressão é/era um estado permanente aqui.

Como continuo aqui?

A resposta objetiva é: não sei. Confesso que falo e penso muitas besteiras, mas não as coloco em prática.

Neste momento aprendi a viver cada momento, seja ele bom ou não. Agora, por exemplo, tudo o que realmente importa para mim é passar em forma de palavras algo que possa ajudar alguém que não conheça, ou que eu conheça mas não fala mais comigo. Escute este ser imaginário vivendo a própria fanfic, se eu consegui chegar até aqui você também consegue.

Só não se esqueça de mim quando ficar ryca.

Pensamento do Dia

A coisa mais corajosa que eu já fiz foi continuar a viver quando eu queria morrer.
Juliett Lewis

O blog é sobre coisas nerds, humor inclusive, mas isso não impede da gente falar umas coisas sérias. Impede?

Por Othon Chievo

Mente e bigode brilhantes em um mar de falta de luz. Simplesmente superior. Exu de direita. Conservador de esquerda. Metamorfose estática.

Pensador contemporâneo que fala besteiras apenas para irritar os outros.

2 respostas em “Como continuo aqui”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.