Categorias
Opinião

Pentágono Tabajara

O Pentágono Tabajara não é uma organização do Rato Distópico e do Desgraça Biológica.

Farofeiros, farofeires e farofeiras, ando em um dilema quase científico, preciso voltar à estudar e me vejo entre decisões financeiras e de tempo. Em contra-peso à isto está sempre aquela vontade de aprender e estudar algo pelo prazer, não pela necessidade financeira. Por isso fiquei um dia todo elaborando um pensamento informativo que mostra o Pentágono Tabajara e o quanto ele não é ligado ao Rato Distópico e ao Desgraça Biológica.

Tudo começou com a indicação de um amigo quando o questionei sobre profissionais que entendiam de Guerra Híbrida, e o professor Piero Leirner foi o nome dado. A obra A Guerra Híbrida e o Contexto Brasileiro é um livro essencial para entendermos da maneira correta como tudo o que vemos na mídia é feito com um propósito. O pior mesmo é perceber que esse propósito tem sido obtido com sucesso.

Pentágono Tabajara - Milicos do Casseta e Planeta - www.farofeiros.com.br

Vamos a briga entre um presidente e seu vice como um racha, mas na verdade é uma tática militar das mais simples: dividir para conquistar. Enquanto um corre na cauda do cometa que se tornou, o outro vai até o Juge Voleur para se tornar um aliado e se mostrar um contra ponto ao que está no poder hoje. No quadro onde o marreco vença quem manda continuará no poder, mas se o biroleibe vencer? Sim, são os mesmos, aqueles que à anos querem voltar ao poder.

Aliás, o exército não queria devolver o poder ao povo, não foi um sinal de bondade, foi sinal de desespero… Por isso criaram um personagem para chegar ao poder e ser seu fantoche. Se o boneco não funcionar direito é só inventar um novo e projetá-lo como o exemplo cívico de pessoa rica que todos sonham que esteja no poder (para ficar mais poderoso ainda).

Vale tudo em nome do imperialismo, onde todo militar e liberal do alto pode mover as peças que desejar para o seu prazer. E essas peças podem ser movidas no Facebook, Instagram, Twitter, WhatsApp, Telegram entre outros, onde o exército – por exemplo – se tornou o órgão com maior influência no mundo digital no Brasil. E por que o exército precisa de tal poder?

Quando confrontados com um valentão disposto a usar todos os meios necessários para vencer, os que jogam seguindo as regras correm o risco de fazer papel de bobos.

COMO AS DEMOCRACIAS MORREM – S. Levitsky e D. Ziblatt

A Guerra Híbrida é muito mais avançada do que imaginamos, são técnicas de disrupção cognitiva utilizadas em táticas militares, onde a intenção é causar o desnorteamento dos indivíduos na sociedade. Não por acaso vemos que às vezes as técnicas da esquerda são pouco efetivas, afinal não estão enfrentando o inimigo com as mesmas armas. Pergunte para Eliane Cantanhêde se ela é bem recebida pelos generais do governo federal. Mas sempre vemos que, independente da interdição militar no Rio de Janeiro tenha sido um fracasso, o militar consegue um grande cargo no governo.

Sem mencionar que fragilizar a economia para precarizar ainda mais a população diante de uma educação, saúde e trabalhos mal remunerados e de péssima qualidade, possam deixar os ricos mais ricos. O agronegócio está em alta pois o incentivo tecnológico foi destruído – seja no potencial mercadológico, seja científico. Viver de ciências no Brasil nunca foi fácil, agora é impossível, afinal tornar o povo menos consciente do que está acontecendo faz parte do projeto de inutilização do país em nome da unidade.

A locomotiva do bolsonarismo e do olavismo são as Forças Armadas e este trem vai chamar para seu grupo qualquer outro “ismo” que lhe convir para recentralizar e redefinir o papel do estado no Brasil. Não importa a fome, a mamata e o desmantelamento do patrimônio nacional, o que importa é a unidade do exército acima de tudo.

Alguém, que não é o povo, está ganhando muito com a precarização do trabalho e das nossas vidas. O Pentágono Tabajara que quer a “ucranização”.

Não, Rato Distópico e do Desgraça Biológica não estão envolvidos, só os usei para chamar sua atenção.

Pensamento do Dia

Pensamento - Piero Leirner - www.farofeiros.com.br

No Pensamento tem PV ZK BSCHK PV ZK PV, mas também tem aquela saudade da nossa ex-presidenta.

Por Rodrigo Castro

Debochado, inconveniente, guru de bobajada, coach de piadas sem graça e sommelier de ironia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.