Categorias
Opinião

Multitarefas

Farofeiros e farofeiras, grandes planos para pequenos negócios sempre geram grandes problemas para pequenos trabalhadores labutadores da labuta generalizada e frequentemente tabulável e tributável no país dirigido pela Dilmãe. Por ser grande e ambicioso precisamos que muitas pessoas façam suas funções devidamente orquestrados e organizados adequadamente, não podemos colocar o baterista para tocar guitarra, não é mesmo Sr. Cobain? Mas é quando não há time? Quando você deve se treinar, organizar, levantar a bola, cabecear, ficar no recuo para o rebote e ainda fazer a torcida?

O multitarefas é esse tipo de pessoa que tem o pensamento desalinhado o bastante para tentar fazer tudo ao mesmo tempo e ainda se sentar na janelinha para curtir a viagem de sete horas que não gostaria de fazer para um destino exótico apenas para negócios. Enquanto isso eu fico aqui com o pensamento parado pois não consigo efetivamente acompanhar pessoas assim, sem falar que normalmente são auto suficientes o suficiente para não pedir ajuda. É claro que o ideal não é tudo ficar para uma só pessoa fazer, mas fazer o que quando a impressora faz cópias e scanneia ao mesmo tempo? Acredito que tudo tem que ser feito uma coisa de cada vez. O pensamento de um multitarefas ultrapassa a linha do comum diversas vezes por dia sempre acima do limite de velocidade permitido.

Não tenho disciplina para isso, admiro mesmo quem tem, mas não é para mim. Sou bom no que faço e o que faço é mandar, delegar e mandar gente embora. Sou uma pessoa simples, os outros que me complicam, por isso sou bem pago por isso. Acredito que se tivesse uma rotina mais estável eu até conseguiria escrever pela manhã, xingar pela tarde e mandar pessoas embora a noite, mas não tenho, portanto preciso fazer tudo ao mesmo tempo.

Espera aí.

Não acredito, eu sou uma pessoa multitarefas e nunca havia percebido! Consigo ofender alguém sorrindo, posso ofender a pessoa com um elogio e ainda não perder a hora do almoço. Posso correr em alta velocidade, voar próximo a velocidade da luz e ainda tomar suco de kryptonita com a Lois Lane em Paris em um encontro romântico para falar do ex-namorado babaca dela.Sou amante, ex-namorado, atual e futuro pais dos filhos da mesma mulher. Consigo falar merdas que ninguém entende, cutucar feridas e ainda não me importar com a sua vida. PELOS PODERES DE GREYSKULL, EU SOU MULTITAREFAS!

Gostei disso. Me admiro.

Pensamento do Dia

Quantos deuses vou ter que matar hoje?

Sentinela

Por Rodrigo Castro

Debochado, inconveniente, guru de bobajada, coach de piadas sem graça e sommelier de ironia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.