Categorias
Pensamento

Me alienei, desculpa.

Nesse fim de semana me alienei demais. Foi mal, me desculpe.

Farofeiros, farofeiras e farofeires, escrevi este pensamento três vezes, o sistema bugou, meu celular esqueceu e o navegador fez greve – mesmo assim não xinguei ninguém. A questão é que me alienei tanto nesse fim de semana que este tipo de problema… Afinal o que mais o brasileiro tem em 2021 é problema, logo perder o texto três vezes não me assustou e tomei uma dose de whisky para cada texto perdido.

A alienação abusiva foi necessária, o noticiário diário não nos dá folga e sempre tem um vizinho negacionista sem máscara dentro do elevador. Para o meu bem me alienei por esses dias de um jeito que nem Big Brother Brasil ou meus gibis atrasados conseguiram.

Assistir diversas lives na Twitch – principalmente do Nautilus Link com o Henrique fazendo música, jogando truco, montando quebra-cabeças, fazendo poesia com tweets alheios e falando da cidade Auroville (que já cogitei ir morar) – e joguei videogames. Dei uma pausa em The Witcher 3, quase desinstalei Mass Effect 2 e fiquei num tower defense de macaquinhos que paguei R$ 3 na Steam, mas brinquei mesmo em No Man’s Sky.

Me alienei - Kate Pryde - 2 - Blog Farofeiros

No novo modo de expedição consegui um bom dinheiro inicialmente e saí em busca da conclusão de marcos simples. Sem pressa ou desespero descobri 44 planetas e 6 sistemas – e tratei de nomear todos com o nome Farofeiros. Bem, isto por enquanto, mas não acho que este número irá aumentar… Sou preguiçoso, mesmo nos games que gosto me classificaria como um jogador casualmente hardcore. Dura muito pouco essa minha febre, mas me ajudou a não ficar pensando no genocídio diário.

Para ajudar até descontei minha raiva do centrão da política brasileira disparando mísseis em piratas espaciais. Também fiquei com raiva de uma cara que fez uma cruz em cima de um lago em um planeta movimentado no jogo… Gostaria de sacanear a obra da pessoa mas não conseguirei isso sem levar uma advertência ou ser banido. Pois é, gosto de pensar nesse tipo de coisa…

Não gosto de ficar triste com o número crescente de pessoas sofrendo no país. E, apesar de não ter sido uma escolha muito difícil para mim nas últimas eleições presidenciais, não consigo fazer muito para ajudar quem realmente está precisando de ajuda – já que o poder público pouco se importa com isso.

Cansado de ouvir negacionista falar de remédio sem efeitos comprovados nesta pandemia me alienei. Mas me alienei com gosto. Só assim para conseguir respirar (de máscara) o mesmo ar de quem acredita que o comunismo é o bicho papão sem falar dos latinazi que não cansam de sair do esgoto.

Pensamento do Dia

Alienação - Karl Marx - Pensamento - Blog Farofeiros

Desculpa, tô alienado demais para pensar direito amiguinho.

Por Rodrigo Castro

Guru de bobajada, coach de piadas sem graça e sommelier de ironia. Também é leitor de gibi e jogador profissional de videogames no easy.

Uma resposta em “Me alienei, desculpa.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.