Categorias
Pensamento

A inegável pomposidade da evidente mediocridade

Farofeiros e farofeiras, tenho passado por diversas aventuras ultimamente. infelizmente não posso contar os fatos timtim-por-timtim pois seus olhos sangrariam de tanta tristeza e inveja de minha cinematográfica vida. Não posso contar, mas posso falar-lhes a inegável pomposidade que senti, neste caso é o importante da história mesmo, sentir.

Quando você fala o que quer, promove e divulga que você pode e deve falar alguma porcaria o tempo todo aparece um tipo de pessoa que normalmente faz o que todos os outros fazem, porém, dentro de sua casa e para pessoas que você gosta: falam mal de você. Ao impor tal ideia fica fácil você falar algo para ofender ou ser ofendido, neste caso reflito sobre um local aqui próximo que só haveria dois tipos de pessoas que trabalham lá: puta ou drogado.

Tony Stark - Blog Farofeiros

A ofensa, quando é dita pelo dono da casa, é engolida e depois vomitada nos ouvidos de quem você gosta. Aí surge um novo tipo de ser que você, e nem eu, sabemos o nome mas é o seu amigo que acaba ouvindo merda de você e não te defende. Mas vai falar com você com a inegável pomposidade devido ao seu “jeito” de lidar com as pessoas.

Se este é verdadeiramente seu amigo você DEVE pelo menos escuta-lo, concordar com ele é outra questão muito mais pessoal na verdade. Eu decidi não andar mais com pessoas falsas, isso inclui as pessoas que me olham torto, não gostam de mim e ainda bebem da minha cerveja. E fique atento para não ficar deprimido com isso, se ficar meu amigo, volte a ser o que era. Eu não volto!

Tenho muito pouco tempo para fazer coisas que realmente gosto, por que eu deveria gastar esse tempo tentando agradar outras pessoas para evitar de que elas falem mal de mim? Não confunda com egocentrismo, sou egocêntrico E megalomaníaco, mas não é esse o caso, estou falando das pessoas que sorriem para você sempre falando que está tudo bem. A falsidade no sorriso amarelo da inegável pomposidade do ser.

Excelsior!

Pensamento do Dia

Quem ama bloqueia no whatsapp, dá mute no twitter e unsubscribe no facebook.

@livraz

Por Rodrigo Castro

Guru de bobajada, coach de piadas sem graça e sommelier de ironia. Também é leitor de gibi e jogador profissional de videogames no easy.

Uma resposta em “A inegável pomposidade da evidente mediocridade”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.