Categorias
Quadrinhos

Venderam o Superman por US$ 130, sabia?

Venderam o Superman por US$ 130? Isso mesmo, cento e trinta doletas. Esse foi o valor que a DC Comics pagou Jerry Siegel e Joe Shuster pelo Super Homem. Adicionando US$ 210 pelo gibi Detective Comics de junho de 1938, mais US$ 36 cada um por Adventure Comics and More Fun. Naquela época histórias em quadrinhos não rendiam como hoje, mas eles criaram um ícone de cultura pop.

É claro que eles não sabiam no que ia dar fazer um cara de uniforme azul e cueca vermelha. O mitológico pagamento foi confirmado através de um cheque, confesso que já havia visto a imagem mas, sinceramente… achei que era mentira e lorota boa. Abaixo você vê o cheque provando o pagamento.

Venderam o Superman por US$ 130, sabia?

Na época pode até ter sido um bom negócio vender os direitos de Superman por US$ 130, a moeda americana estava menos inflacionada então valia mais do que hoje. De qualquer forma não havia como eles preverem o sucesso que o personagem teria ao longo dos anos. Superman não é só um ícone, é praticamente a marca da DC Comics e em tudo que ela é baseada.

Como os inocentes criadores venderam o Superman por US$ 130 os descendentes lutam até hoje na justiça por créditos e também por uma fatia nos lucros na utilização do personagem. Sim amiguinho, de bobo eles não tem nada já que aquele copo feio que você ganhou do amigo secreto ano passado deveria ter gerado um dinheiro para os criadores do personagem.

A cueca do Superman sempre é assunto - Action Comics #1000 - Jim Lee

A briga judicial entre os familiares dos criadores e a DC Comics está na 933908403 rodada e ainda não se vê a famosa luz no fim do túnel. Afinal não é todo dia que se vende um personagem como Superman por US$ 130.

Aliás aviso aqui se alguém quiser comprar qualquer personagem meu por US$ 130 eu vendo com todo o prazer. Mas pode pagar em castiçal de sabre de luz de Star Wars.

Por Rodrigo Castro

Guru de bobajada, coach de piadas sem graça e sommelier de ironia. Também é leitor de gibi e jogador profissional de videogames no easy.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.