Ragnarok Online 13 anos depois

Ragnarok Online 13 anos depois

Escrito por | Games

Como será que anda Ragnarok Online 13 anos depois? Cai na besteira de me fazer essa pergunta e gravei o vídeo abaixo apenas para passar nervoso. Pelo menos foi um bom (mau) aquecimento para que eu pudesse escrever sobre esse vício antigo.

Ragnarok Online foi muito falado aqui no blog, devido nossa limpeza de artigos e notícias mais relevante algumas coisas se perderam mas o nosso artigo mais antigo sou eu falando de meu caçador level 70. Isso foi em 2005. Acho que já posso pedir umas músicas no Fantástico.

No início tudo era lindo…

Fiz amigos para a vida inteira lá… tem gente que parou de falar comigo, mas alguns ainda falam. Aliás, 90% dos colaboradores deste blog já foram companheiros de guilda no Ragnarok Online. Os que não conheci no jogo os fiz entrarem no jogo para serem meus amiguinhos lá também.

Minhas primeiras experiências com edição de vídeos de games foi com esse jogo maldito. Não que sejam bons vídeos mas mostra bem o clima da época quando tinha a minha guilda e quando nos unimos aos Mestres Anciões. 

Atente que os vídeos abaixo são MUITO antigos, acho que os gravei em 2005 ou 2006. Não repare na sujeira amiguinho.

Nunca recebemos um tostão ou uma palavra de incentivo pela LevelUp! Games, benefícios ingame muito menos. Mesmo assim eu era tão fã que guardei (ainda guardo) o primeiro folheto que produziram para anunciar o jogo. Falávamos muito do jogo por aqui… e tudo em vão aparentemente.

O que mudou em Ragnarok Online 13 anos depois?

Quando World of Warcraft chegou oficialmente no Brasil com uma mensalidade idêntica a coisa complicou de vez. Oficialmente Ragnarok Online estava ultrapassado… bem, antes já estava mas com a Blizzard eles não conseguiriam competir facilmente. E não competiram, não inovaram e nem procuraram melhorar pelo visto.

Tree of Savior tentou fazer direito o que a Gravity não conseguiu, o jogo não caiu nas minhas graças pelo menos… mas não deixa de ser um irmão mais bonito de Ragnarok Online. 

A falta de vontade de fazer algo interessante para os jogadores é tanta que sua última expansão (?) traz inimigos antigos mas com nomes e HP diferentes. Os mapas, monstros e mecânicas são os mesmos. Poucas mudanças realmente relevantes para o fã.

Cobertura do Fim do Mundo em Ragnarok Online

O jogo comemorou seus 13 anos de Brasil dando balõezinhos estéticos, que é um drop de uma Fada que anda pelos mapas. Um presente fútil para quem investiu anos em um jogo que nunca deu o suporte merecido para sua comunidade. Ragnarok Online 13 anos depois se tornou um mar de bots com um sistema pay to win enraizado. Sua segurança ainda é precária, hoje são mais de quatro senhas por conta para continuarem os hacks e as más práticas em um jogo desatualizado.

Ragnarok Online 13 anos depois se tornou um jogo com uma comunidade muito tóxica com uma produtora negligente. Não há o que comemorar.

Se você tem saudades do jogo mate sua vontade assistindo vídeos no YouTube, não vá atrás de fazer o download e instalar apenas para passar a raiva que passei para fazer o vídeo de review. Na verdade eu só gostaria de saber o que faz ainda tanta gente jogando esta porcaria? 

Última alteração: 3/10/2017

4 Responses to :
Ragnarok Online 13 anos depois

  1. Chewbacca no Minoxidil disse:

    Argh! Primeiro tive um sustinho quando li 13 anos. Depois tive outro ao ver que esse lag continua e parece que está até pior. Chega deu uma agonia nas entranhas kkkk
    Ainda me lembro de umas caixas roxas caríssimas que comprei IRL… vinha com uns chapéus e ROPs. Ai ai………

  2. Rockerz disse:

    Aquilo eu também comprei e são relíquias digitais, superadas pelos mais novos ROPs de toda a semana.

  3. Chewbacca no Minoxidil disse:

    13 anos depois e… ROPs! E meu sábio ainda não chegou no 99. Ai que vida. D:
    Tô ficando cada vez mais nervoso com esse assunto.

  4. Rockerz disse:

    Olha, seu sábio nunca chegaria ao 99… disso todos sabíamos. Desculpe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *