Marvel

Marvel culpa diversidade pela baixa venda de quadrinhos

Escrito por | Artigos, Quadrinhos

Constantemente tenho elogiado a diversidade étnica que temos hoje nos quadrinhos da Marvel. Homem Aranha negro, Miss Marvel muçulmana, Hulk asiático, Mancha Solar, o mutante brasileiro, no comando de um grupo de Vingadores protegendo os EUA. Os exemplos são vários e, segundo a diretoria da Marvel, está é a causa das baixas venda.

Nova Marvel

Culpa da diversidade?

Quem falou esta merda gigantesca foi David Gabriel, vice presidente senior (?) de vendas da Marvel. Sua declaração foi taxativa “as pessoas não querem mais diversidade. Eles não querem personagens mulheres por aí. Isso é o que ouvimos, não importa se acreditamos ou não. Eu não sei se isso é verdade mas é o que nos vemos nas vendas”.

Não sei se alguém com um cargo tão medonho como esse deveria ser permitido de abrir a boca sem passar pela assessoria de imprensa. Ignorando qualquer outro fator que possa atingir a empresa eles resolveram simplesmente atacar a parte mais frágil da história, onde minorias e etnias tem sua representatividade.

Fazer seus personagens se parecerem mais com pessoas do mundo real não é uma questão política, é uma necessidade do mercado por um simples motivo: quanto mais uma pessoa se identifica com um personagem mais ele irá comprar os quadrinhos ou qualquer outro produto que você queira vender com o personagem.

Dias depois Gabriel foi a publico soltando o famoso “não é bem assim” e confirmando que os novos heróis não sumirão das prateleiras.

Após Guerras Secretas, que redefiniu diversos títulos, apenas uma publicação mensal chegou a vender mais de 50.000 exemplares em um mês. Nos EUA foram um total de 24 títulos derivados do evento e após seu lançamento as vendas caíram drasticamente, isso também graças ao sucesso de Renascimento da DC Comics. É claro que os dados são do mercado norte americano mas acredito que ele se reflita bem no mercado brasileiro.

Marvel culpa diversidade pela baixa venda de quadrinhos

Os números de vendas

Segundo CBR as vendas desses 24 títulos tiveram uma média de 38.521 em seu lançamento, porém a média atual desses mesmos títulos chega à 22.972, uma queda de 40% nas vendas que prova que a iniciativa All-New All-Diferent Marvel Now não foi tão bem sucedido como o Renascimento da concorrência.

Um número ainda mais assustador mostra que entre Outubro de 2015 e Fevereiro de 2017 a Marvel lançou ou relançou 104 títulos, com uma média absurda de seis edições #1 por mês nos EUA. POR MÊS. E obviamente um número gigantesco desses títulos falha e acaba sendo cancelado, cerca de 25 títulos tiveram esse destino com dez ou menos edições lançadas! E ainda existem títulos que a Marvel nem anuncia o cancelamento, apenas para de publicar a história. Apenas dois títulos venderam mais de 40.000 cópias após Guerras Secretas: Amazing Spider-Man com 61.953 e The Mighty Thor com 40.175 sendo que antes do evento os números eram bem maiores e o gibi da nova Thor vendia praticamente o dobro! 

Se não bastasse o fracasso de vendas do relançamento a DC conseguiu emplacar diversos títulos de seu evento Renascimento foram direto ao topo das vendas, não deixando muito para o restante. 

Nova Marvel

Motivos para baixas vendas da Marvel

Existem diversos fatores para explicar a queda das vendas da Marvel após o relançamento de Guerras Secretas, mas neste momento destacarei três: eventos intermináveis e sem sentido e a pouca valorização da equipe artística onde um roteirista e desenhista ficam um ano no mesmo título já é muito, títulos irrelevantes cancelados precocemente.

Os eventos costumavam ser algo especial e extremamente raros, o primeiro Guerra Civil e sua ligação com Invasão Secreta foi bem divertido, mas a Marvel notou que os fãs gostaram da ideia de emendar um evento no outro e viu então a possibilidade de alcançar mais lucro. Então agora temos diversos eventos que não sabemos direito o nome e que irá redefinir o universo Marvel para sempre.

Vingadores vs. X-Men e EIXO tiveram escalas planetárias e no final serviu apenas para mudar o uniforme do Ciclope e deixar o Dentes de Sabre mais manso a ponto de se tornar um Wolverine Arrependido de ter sido um assassino malvado para se tornar um assassino do bem. Monsters Unleashed é uma piada que não segue a cronologia oficial mas não deixa de ser algo bobo para os fãs desacostumados com monstros gigantes invadindo Nova Iorque com o Homem Aranha pulando por lá.

Hoje com Império Secreto a editora já anunciou que ela ficará no mínimo por 18 meses sem grandes eventos, o que permitira para a equipe criativa de cara título trabalhar muito melhor suas tramas e ter uma base mais sólida de fãs.

Marvel vs DC

Diversidade para um mundo diverso

Particularmente gostei de Guerras Secretas e até me interessei por um ou dois títulos, mas no meu caso a Panini cagou no mix de histórias e eu vou comprar o encadernado mesmo que além da qualidade de impressão ser superior não acompanha histórias que não me importo. É claro que boa parte dos extras não valeu a pena… foi divertido rever os X-Men de minha adolescência, mas foi um tédio aguardar a resolução da encrenca com o Doutor Destino. Se lançasse apenas o título principal seria uma puta história bacana, a ganância deixou tudo chato. 

Bons títulos com boa equipe artística não conseguiram muito sucesso comercial, eram muitas novidades no mercado e o publico escolheu a dedo o que comprar, não compraram tudo que viam pela frente. A decisão de relançar títulos que já estavam vendendo bem foi imprudente e culpar a diversidade é uma péssima desculpa para quem não sabe à quem apontar o dedo.

Por que não valorizar o trabalho interno deixando os autores realmente criarem histórias novas sem que uma invasão alienígena ou uma guerra civil ocorra no meio da história que ele tenta criar? Se os criadores já envolvidos estão desgastados tente investir em novos talentos, que tal um descendente latino escrevendo um personagem com a mesma descendência? Que tal uma mulher escrever histórias de super heroínas?

Erguer a bandeira da diversidade foi relativamente fácil para Marvel, mantê-la em pé não parece ser algo que eles tentem fazer.

Última alteração: 18/4/2017

2 Responses to :
Marvel culpa diversidade pela baixa venda de quadrinhos

  1. Arlak disse:

    Kkkk adorei a imagem dá Crise das Infinitas Terras dá Marvel kkkk

  2. Rockerz disse:

    Gradecido. 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *