Beyonder - Marvel Comics - Ao Além

Ao além e avante

Escrito por | Pensamento

Quem vai ao além volta?

Gostaria de saber o que é ir ao além, me parece um bom lugar afinal várias pessoas almejam ir para lá. Um lugar que todos desejam ir não pode ser ruim, pode? Mas a questão é esse desejo de ir ao além e quem sabe nunca volta, esse desejo que me perturba.

Obviamente não existe registro físico de tal lugar, tão pouco uma fotografia com a hashtag #OAlémÉLindo no Instagram da sua tia chata ou seu amigo marombado. Então se a única coisa que se tem é a descrição de um livro antigo, como desejar ir para tal lugar? É certo que wi-fi não deve existir lá, criaturas do além não devem se organizar o suficiente para pedir que a NET cabeie o lugar.

Ao além e avante - Superman

Não sei se este Superman está indo ao além ou avante.

Ao além e avante é mais interessante, denota que o local não é o destino final. Alguma coisa deve ter depois do além, certo? Você pode não concordar comigo mas o Superman concorda. Sem contar que ele é um ser que já foi e voltou ao além algumas vezes. Aliás acredito que a DC Comics deveria colocar o herói para falar mais sobre tais encontros inóspitos. Fazê-lo viajar no tempo para Krypton antes de explodir não me deixa feliz o suficiente.

Existe um personagem chamado Alenzer (ou Beyonder, traduzido livremente do inglês) que simplesmente viu a mesma coisa que vi, este desejo dentro do ser humano. A diferença é que ele quis investigar a natureza do desejo humano raptando heróis e seres cósmicos e os colocando uns contra os outros. Em seu pensamento os seres humanos (ou humanoides) eram incompletos então ele iria completa-los de alguma forma. Não sei se tal estudo valeria a pena.

Quando eu for ao além prometo voltar e contar com detalhes o que vi. Talvez eu traga um chaveiro para cada um de vocês.

Pensamento do Dia

Uma vez que aceitamos nossos limites, vamos além deles.

EINSTEIN, Albert.

Semana passada decidimos que videogameiros deveriam subir a hashtag #MyGameMyName. Fizeste isso?

Última alteração: 29/1/2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *