Silvio Santos Presidente

politica-silvio

Nesta árdua época não-eleitoral é necessário lembrar dos Tiriricas e Romários em que votamos. Independente de eles terem surpreendido ou não, foram eleitos pelas suas palhaçadas ou pela sua ginga futebolistica, não por serem políticos. O Enéas foi eleito por ser louco de pedra. O cara do aerotrem foi eleito pelo aerotrem.

No longinquou ano de 1989 houve a eleição presidencial deste país aqui, continuam a chamar ele de Brasil certo? Continuando, o apresentador, empresário e rei dos trolls da floresta interNERDica simplesmente foi candidato pela presidência. O partido era algo estranho PMB – Partido Municipalista Brasileiro, iria lançar como candidato um tal pastor evangélico com a alcunha de Corrêa. Pastor Corrêa. Tanto que as cédulas eleitorais foram impressas com o nome do pastor, Silvio teve que pedir para votarem no Corrêa para que os votos contassem para o dono do Baú.

Silvio Santos queria muito ser presidente.

Enfrentou o Collor para você ter ideia… no final das contas tudo não passou de uma brincadeira já que o PMB possuía diversas pendências no Tribunal Eleitoral, cortando o sonho das massas de ouvir ARAI IRI com a faixa presidencial, direto do Palácio da Alvorada.

Quão diferente são as pessoas que votaram no Tiririca das pessoas que votaram no Silvio Santos para presidente? A história se repete ou essa porcaria sempre foi assim mesmo?

Pensamento do Dia: “Não é que eu não sei usar códigos e o WordPress, eu só não me importo em fazê-lo pois há quem o faça por mim. Mais trinta chibatadas escravo!”, eu realmente adoro a contemporaneidade do que faço.

Veja também


OsChefe

Sou uma divina divindade com pena de seres como você que leem coisas como essa. Também sei que sei, mas não se sabe como se sabe não saber como soube. Sei que sou superior a você, humano.


Comente:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com *