Categorias
Games

Eternal Darkness

Conheça Eternal Darkness: Sanity’s Requiem, jogo para GameCube.

Medo e surpresa são as palavras que me vem à cabeça quando joguei Eternal Darkness: Sanity’s Requiem, game exclusivo para GameCube!!!

Este jogo atende bem os fãs de outros jogos de terror como Residente Evil, mas presta um favor maior ainda para aqueles que não se adaptam aos controles do game da Capcom. Não pense que se trata de jogos parecidos de zumbis pois as similaridade ficam apenas seu gênero. No quesito susto assumo que levei muito mais em Eternal Darkness do que em qualquer Resident Evil.

A história gira em torno da humanidade e de maneira milenar é preciso resolver quebra cabeças em diversas épocas, de diversas formas. Seu conteúdo me chocou logo de cara com a citação do conto O Corvo de Edgar Allan Poe.

Suas várias encarnações de protetores do Tomo da Escuridão Eterna protegem nosso humilde universo de três entidades cósmicas sedentas de sangue. Porém é preciso que a escolha de um caminho para poder derrotar os demais e é esta escolha que define o final do seu jogo. Zumbis, mortos vivos, magia, sangue, tiros e, o melhor de tudo: ALUCINAÇÕES!!! Você pode “alucinar” desde uma pessoa enforcada, ou seu videogame desligar, ou abaixar o volume (inclusive escrito volume e com aqueles pontinhos), os efeitos aparecem de forma natural para te surpreender mesmo. Tudo pra aumentar a diversão.

Você utiliza três barras de energia diferentes, a vermelha da vida, a azul da magia e a verde da sanidade, quando a sanidade fica baixa é que as coisas ficam realmente interessantes. Obviamente sem sanidade sua vida corre risco, além dos sustos que poderá levar.

E este jogo simplesmente instaurou originalmente a melhor maneira de se matar mortos vivos: uma simples espada!!! Corte a cabeça do bicho e terá meio caminho andado para matar o morto… Nada de ter que ficar caçando em uma mansão estranha por balas e ervas, o legal de Eternal Darkness é andar pela mansão com a sanidade baixa.

Se Resident Evil tivesse espada… (Nota do Editor: como em Dying Light)

Atualização 16/02/2022: O jogo, lançado nos EUA em 01 de Novembro de 2002, teve uma sequência cancelada por duas vezes. Em 2012 a Nintendo renovou a propriedade mas aparentemente desistiu de continuar pois o game não atinge o público que a Nintendo mais investe: o infantil.

Por Rodrigo Castro

Debochado, inconveniente, guru de bobajada, coach de piadas sem graça e sommelier de ironia.