Categorias
Games

Batman contra o tubarão de Gotham City

Reconheço que tenho pegado muito no pé da DC Comics… O coitado do Batman é minha principal vítima, não por eu não gostar dele, muito pelo contrário gosto muito do personagem e, como fã não xiita, acho estranho quando criam diversas versões do mesmo Bruce Wayne.

Nem vou começar a falar das cores, roupas ou cuecas por cima da calça… Mas devo falar do novo jogo do morcegão: Batman – Arkham City.

O predecessor desse, Arkham Asylum eu tive a oportunidade de jogar durante o fim de semana passado, fora muito bem elogiado por um primo meu… ao jogar. Não consegui ficar decepcionado, mas dei muita risada do ridículo. Nem joguei muito, mas o modo “detetive” me irritou, mas o pior estava por vir: o bat-cinto possuí um equipamento que consegue seguir aromas! Até minha mãe, que não joga só assiste, achou isso tudo chato.

Vamos aos fatos, o pilantra bebe whiskey, Batman acha a garrafinha contendo o whiskey. Então manda para análise para Oracle que manda os dados para que Bruce siga o bafo do cara. É… Bom, mais isso foi no primeiro jogo… podem ter melhorado… não sei, espero que sim, pois poucas coisas em Batman – Arkham City irão chamar mais atenção do que matar um tubarão na base da porrada!

O interessante disso tudo é que o povo do Comics Alliance lembrou que não é a primeira vez que o homem morcego enfrenta tal fera marinha. Em 1966 ele também deu uns sopapos deste assassino dos mares!

Vou ali jogar mais três horas de Gears of War 3 com preço super faturado.

Por Rodrigo Castro

Guru de bobajada, coach de piadas sem graça e sommelier de ironia. Também é leitor de gibi e jogador profissional de videogames no easy.

4 respostas em “Batman contra o tubarão de Gotham City”

[…] Não sei a história por trás dessa imagem, mas posso imaginar. Vejo alguém gritando CORRA BATMAN CORRA e ele não correndo. Também posso imaginar um Bruce Wayne acordando cedo, pegando seu tênis de corrida e sua máscara de morcego para ir competir casualmente na corrida anual de Gotham City. […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.