Categorias
Filmes

Apenas o Fim

Apenas o Fim conta a história da última hora de um relacionamento onde a menina bonitinha foge do namorado nerd sem falar para onde vai. Já vi isso em algum lugar…

Durante essa última hora juntos – que poderiam gastar transando – eles andam pela PUC Rio (é a PUC né?) fazendo um balanço (ou balaio) dos pontos altos e baixos da relação. O filme é basicamente isso, uma conversa íntima e até que engraçada, sim, podemos chamar este filme de comédia romântica.

Mas não sei se é bom você levar seu par para assistir… Como disse, é a última hora do relacionamento dos personagens, vai que vocês decidam fazer o mesmo?!

Como diversas outras comédias românticas sempre há um momento constrangedor após uma lembrança ou conversa emocionante, não que seja ruim, mas óbvio demais. Apesar da competência toda o filme acaba sendo mais do mesmo, fatal neste estilo.

Já faz um bom tempo que vi o filme, só não postei critica alguma pois “alguém” me falou que eu tenho o jeito parecido com o namorado e não gostei nada disso. Tirando as piadas nerds não posso dizer que acho a Sony melhor do que a Nintendo. Certeza que ele é mais fã de Final Fantasy que eu. Se fosse eu já teria chutado tudo para cima, mandado tudo para o inferno. Tá certo que eu ia me arrepender depois, mas sou esse poço de ansiedade (insanidade?). Pelo menos não tenho óculos do meu avó nem o boneco do Fanático (este segundo eu queria).

Então aqui atesto para a eternidade da internet que não me pareço com o cara. Quem achar o contrário manifeste-se nos comentários ou cale-se para sempre!

Com Erica Mader (sobrinha da Malu) e Gregório Duvivier o filme já está disponível em DVD.

IMDB

Por Rodrigo Castro

Debochado, inconveniente, guru de bobajada, coach de piadas sem graça e sommelier de ironia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.