X-Men Gold #1

X-Men Gold #1: mensagem preconceituosa é publicada

Escrito por | Notícias, Quadrinhos

A arte de X-Men Gold #1 acaba de dar um grande susto nos fãs por mensagens extremistas islâmicas implantadas pelo desenhista indonésio Ardian Syaf sem consentimento da editora. Indo na contramão do pensamento de inclusão de minorias o desenhista colocou em dois pontos de sua arte referências contra católicos e judeus, que são minorias em seu país de maioria muçulmana. As imagens com as mensagens então abaixo.

Detalhe X-Men Gold #1

Segundo o BleedingCool o número 212 faz referência à manifestação que ocorreu em 2 de Dezembro do ano passado de muçulmanos contra o governo católico local. Já o número 51 faria referência ao verso Al Maidah 5: 51 do Alcorão que diz que os muçulmanos não devem aceitar líderes católicos ou judeus. Acredito ainda existir alguma analogia com “Jewel is 212” e “We Support 51”.

Detalhe X-Men Gold #1

Neste outro detalhe vemos claramente a inscrição QS 5:51 no peito de Colossus. A sigla seria Qur’an Surah, traduzindo literalmente como Capítulo do Alcorão, o mesmo referenciado no primeiro caso.

A reação dos fãs

Os fãs indonésios claro que perceberam as intenções do artista e o denunciaram.

Mais reações podem ser melhor vistas no Reddit.

A Marvel não demorou muito e já lançou uma declaração oficial:

A arte mencionada em X-Men Gold #1 foi inserida sem que se soubesse do significado por trás dele. Essa referência não reflete os pontos de vista do escritor, editor ou qualquer um na Marvel e vão à direção oposta à mensagem de inclusão da Marvel Comics e ao que os X-Men lutam desde sua criação. A arte será retirada de impressões subsequentes, versões digitais e encadernados e ações disciplinares serão tomadas.

O destino do artista me parece ser o olho da rua mesmo, já que aparentemente ele já fez algo parecido apoiando um político local em um gibi da Batgirl da DC Comics. Na época não lembro de nada ter sido comentado.

O X-Men Gold que deveria ter sido

Como a declaração da Marvel diz o artista inseriu em sua mensagem exatamente o oposto daquilo que os personagens lutam por tanto tempo, desde sempre os X-Men é um grupo da minoria que luta pela sua sobrevivência. O que ele fez na minha opinião foi colocar uma mensagem de apoio ao Magneto na camiseta do Colossus.

Entendo que ele tenha a opinião própria e queira usar sua arte para ser ouvido, primeiro que fazer uma merda dessas em um gibi dos X-Men não poderia ser pior, segundo que a Marvel tem um política bem diferente da que ele acredita… o que ele achou que iria acontecer? Tapinha das costas?

Alguns X-Men gays casaram e outros descobriram que eram gaysno Brasil comentário preconceituoso de desenhista rendeu desligamento da pessoa com o estúdio. Minorias dentro de minorias em um universo ficcional lutando pelo que pessoas de verdade querem: paz.

Vale lembrar ainda que os X-Men foram criados por Stan Lee e Jack Kirby, dois judeus e o escritor desta edição, Marc Guggenheim, foi criado na religião. Noturno é sabidamente um católico enquanto Kitty Pride é judia.

Última alteração: 10/4/2017

2 Responses to :
X-Men Gold #1: mensagem preconceituosa é publicada

  1. Caramba, uma coisa que deveria unir um povo vem alguém e faz isso. Que bom que perceberam.

  2. Rockerz disse:

    Menos pior né? Agiram até que rápido…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *