Categorias
Quadrinhos

X-Men 2099 em X-Men 92

Não é novidade para ninguém que a Marvel chutou para alto algumas convenções cronológicas depois do lançamento de Guerras Secretas e boa parte dessa confusão pode ser colocada na conta dos X-Men. Do passado, de outra realidade, de um futuro alternativo, mortos, vivos, não importa seu gosto a Marvel tem um X-Men que vai lhe agradar.

Um desses gibis novos agrada um público bem antigo, um que cresceu assistindo a antiga série dos anos 90 dos X-Men na TV. A adaptação não pode ser chamada de precisa mas angariou uma legião de fãs saudosos, sem falar que eles contavam com uma equipe com os mutantes mais famosos mesmo.

Menos o Morfo. Ninguém conhecia o Morfo.

O quadrinho estreou com razoável sucesso entre os fãs contando novas histórias daquela equipe, uma das capas mostra uma cena bem fora do comum hoje em dia, mutantes com seus colãs coloridos entrando em uma loja para comprar CDs de música.

X-Men 2099 em X-Men 92 - Blog Farofeiros

Pois é, nem internet existia direito naquela época, imagine MP3. Neste climão de anos 90 os heróis vão de encontro a um futuro bem conhecido dos fãs de quadrinhos daquela época, o universo futurístico da Marvel situada no ano 2099.

Os X-Men 2099 eram mais perseguidos que os X-Men do presente e são considerados lendas… mas estão todos mortos. Na cronologia normal dos X-Men 2099 entende-se que eles morreram ou simplesmente sumiram após um evento orquestrado pelo Dr. Destino 2099.

Foi triste chegar ao fim mas, convenhamos, as histórias eram ruins e se apegavam a uma moda que lembrava os personagens “revoltados” da Image da época. O único que conseguiu mesmo sair a salva (longe de são) foi o Homem-Aranha 2099 que tem aparecido com uma certa frequência nos gibis de Peter Parker atuais.

O encontro não dará em muita coisa com certeza, uma briguinha boba e uma parceria para enfrentar um vilão atemporal e todos voltam à sua desgraça mutante habitual, tudo o que um bom gibi dos X-Men deveria ter. A história dá seu pontapé inicial na quinta edição, mas tudo começa mesmo na sexta que será lançada dia 31 de Agosto nos EUA, na imagem do CBR podemos conferir alguns dos heróis da minha adolescência. Reconhece esses X-Men do futuro?

OBS.: Escrevi este texto bebendo uma Tubaina, mais nostálgico que isso impossível.

Por Rodrigo Castro

Pai. Marido. Gamer. Colecionador. Desenha, pinta, escreve e bebe. Hippie que resolve tudo.

Depois de tentar escrever a sério viu que a vida é uma piada e largou a mão da mídia tradicional para virar um comunista que só lê gibis de super herói norte americano.

3 respostas em “X-Men 2099 em X-Men 92”

Eu fiquei muito feliz com isso. Senti muito a falta dos X-Men 2099. Acho que como eu, a maioria que era criança ou adolescente nos anos 90 conheceu os X-Men nessa fase, que pelo menos no Brasil foi a grande explosão. Creio que muitos fãs dessa safra preferem essa linha. Eu particularmente não gosto da maioria dos personagens novos e pra mim os personagens, uniformes, histórias, formações dos anos 90 sempre vão ter uma magia especial mesmo os mais antigos ou mais novos achando tudo isso “brega”. Acho uma boa ter várias revistas, com vários estilos e universos…assim agrada todo mundo.

Eu curtia muito o universo 2099, apesar de alguns arcos ruins e personagens meia-boca. No geral, a ideia de futuro distópico foi bem engendrada e se relacionava bastante com os rumos que os anos 90 ofereciam. Especialmente sobre os X-Men, foi uma série que teve um início perfeito e promissor, mas se perdeu no meio do caminho com arcos ruins, decisões equivocadas e falta de um plot maior. Foi uma grande ideia da Marvel, que merecia um final melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.