Vida dura é difícil - Coringa Surfando - Blog Farofeiros

Vida dura é difícil

Written by | Pensamento

Semana passada estava conversando com uma pessoa que conhece bem minha vida, esteve perto ou presente em boa parte dos apertos que passei. Não posso dizer que atrapalhou ou ajudou, isto não importa neste momento, o que importa é que foi me colocado uma frase interessante por ela e compartilho a seguir: “Nossa, interessante como na sua vida nada é fácil.” 

Não entendi tal colocação como agressão ou chacota. Só fiquei realmente impressionado em alguém que sabe mesmo o que passei, onde foi no mínimo espectador, constatar algo que dizemos para nós mesmos frequentemente. Não sei se deveria ficar triste, ou até mesmo feliz por alguém perceber o que passo, mas fiquei com este pensamento e até agora não consegui elaborar uma conclusão razoável. É complicado mesmo ou é coisa de minha cabeça?

A pessoa não teve intenção de mexer comigo, nem de gerar tal auto questionamento, mas acredito ser positivo neste momento em minha vida pesar tudo para poder seguir em frente. É incrível que em um texto auto afirmativo eu use tanto a palavra não, deve ser um sinal de toda a negação que sofri, de toda obstrução. Os problemas que passo ou passei são de todas as origens, financeiras, sentimentais, saúde, não vou enumera-las aqui, já existe muito de mim nestas palavras, o que dou a entender é suficiente.

Não sou novo, trabalho, tenho família formada, tenho planos para o futuro, tudo está correndo muito bem e sim, é oportuno o pensamento de uma retrospectiva para não repetir erros e não insistir em outros. Não é por que alguém acha que tenho uma vida dura e difícil que irei me encher de ornamentos para vangloriar minhas vitórias, mesmo que a quantidade de rasteiras sejam desproporcionalmente maiores às minhas vitórias. Afinal, isso é a vida não?

Hoje precisava mesmo escrever algum intimo desse jeito para, quem sabe, desmontar um pouco essa camada de rocha que criei ao meu redor para me proteger de tiros, facadas e raios cósmicos. Precisava provar matematicamente que, apesar de tudo, tudo está indo muito bem e se houver algum problema, bem, sou bom em passar por problemas. Experiência comprovada em currículo, em vídeo, em textos, em tatuagens, em viagens, em amigos, em ex-amigos e em uma centena de outras “testemunhas” que nem sei enumerar, se bobear sequer as conheço.

Diabos, estou com vontade de rir na cara do perigo, dar tapa na cara da incerteza e chutar o mal caratismo. Que sentimento estranho para uma segunda-feira, ou será que estou apenas velho?

Pensamento do Dia

Tá na hora do pau!

GRIMM, Benjamim

Compartilhe

Last modified: 22 de outubro de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.