Gal Gadot - Sexistas misóginos, sua ira sobre este mundo acabou - Mulher Maravilha

Gal Gadot: “Sexistas misóginos, sua ira sobre este mundo acabou”

Escrito por | Filmes

Gal Gadot, a maravilhosa Mulher Maravilha dos cinemas, respondeu algumas perguntas de seu companheiro de telas Ezra Miller, o Flash. O site IGN postou o vídeo com a calorosa e mais do que bem vinda declaração da atriz dizendo que “Sexistas misóginos, sua ira sobre este mundo acabou”.

A declaração faz referências à uma fala de sua personagem em seu filme solo “Eu sou Diana de Themyscira, filha de Hippolyta Rainha das Amazonas. Em nome de tudo o que é bom, sua ira sobre este mundo acabou”. Em um mundo polarizado e com ideais que punem e tentam coibir as pessoas de serem elas mesmas é importante uma mulher se erguer contra tudo isto.

Sexistas misóginos, sua ira sobre este mundo acabou!

A entrevista era uma brincadeira onde os atores deveriam se entrevistar. Ezra Miller obviamente saiu do roteiro.

Realmente estou na ideia de virar o jogo. A ideia que os últimos mil anos de história humana tem sido tão dominada pelos homens de uma maneira que nem sempre nos serviu claramente, aqui estamos nós à beira da destruição. E então me pergunto se você diria algo para mim. Você diria para a câmera “Hetero-patriarcado, sua ira sobre este mundo acabou”? Eu quero isso muito!

Veja o vídeo.

Miller é homossexual que sofreu para declarar publicamente sua sexualidade por medo de represálias. Gal Gadot é a simplesmente a Mulher Maravilha, o melhor exemplo de super heroína para mulheres que temos hoje em dia (Capitã Marvel um dia chega lá). Os dois tomando posições firmes quanto assuntos que incomodam conservadores é extremamente benéfico para a sociedade, quem sabe o mundo fica um pouco melhor com isso.

Houve boatos de que o salário da Gal Gadot fosse inferior ao de seus companheiros de filme. Fomos criticados aqui por erguer a bandeira em apoio à atriz.

A história de que o diretor Bret Ratner, acusado de assédio e homofobia pelas atrizes Ellen Page Ana Paquin e estaria envolvido com a produção de Mulher Maravilha é mentira. A empresa teve pouco envolvimento e não financiou nada do filme, o acordo entre a empresa de Ratner e a Warner Bros. se encerra em Abril. Assim Mulher Maravilha 2 não estaria na mão de sexistas e Gal Gadot não estaria em uma briga interna com as empresas.

Em outra história um editor da DC Comics chamado Eddie Berganza foi finalmente demitido da empresa. Sites como o Bleeding Cool tem noticiado seu perturbador comportamento desde 2012 e só agora a empresa realmente toma uma atitude.

Medidas dessas tem que ser tomadas o tempo todo e em todos os lugares. No Brasil estranhamente não temos visto muito, mas existe alguma dúvida que “testes do sofá” são exigidos em todos os lugares?

Deu para entender o motivo de “Sexistas misóginos, sua ira sobre este mundo acabou” ser tão importante no mundo do entretenimento?

Agora só falta Liga da Justiça ser um bom filme, pois de resto o elenco está fazendo tudo certo. O filme estréia dia 17 de Novembro nos cinemas.

Última alteração: 14/11/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *