Categorias
Besteirol

LEMBRAI, LEMBRAI DO CINCO DE NOVEMBRO

LEMBRAI LEMBRAI DO CINCO DE NOVEMBRO. A TRAÍÇÃO E A CONSPIRAÇÃO DA PÓLVORA!

Que em mais este 5 de Novembro as pessoas comuns se lembrem que é o povo quem manda no governo. Da obra de Alan Moore para o mundo, a lenda de Guy Fawkes revigorada pelo autor da história em quadrinhos de V de Vingança ainda é atual infelizmente. Saudade de ver as máscaras pela rua, não como a modinha que foi, mas como um movimento social realmente contra o sistema que pisoteia quem sente fome.

LEMBRAI, LEMBRAI DO CINCO DE NOVEMBRO!

Tradução livre
“Relembrai, relembrai o cinco de novembro
A traição e conspiração da pólvora
Não sei de nenhuma razão para que a traição da pólvora
Algum dia seja esquecida “.

A frase célebre é um pequeno trecho do poema The Fifth of November que versa sobre a Conspiração da Pólvora. O filme, assim como o gibi, são uma lembrança do que aconteceu e do que pode acontecer. No Brasil as pessoas gostam de deturbar significados e tirar a política da ficção, este erro fatal só dá poder aos poderosos que ficam ricos enquanto o povo sofre.

LEMBRAI, LEMBRAI DO CINCO DE NOVEMBRO como um dia de luta, que não vejamos mais torturadores sendo louvados enquanto uma presidenta é deposta injustamente. A lenda britânica nos é vendida como uma distante realidade, sendo que no Brasil tivemos uma ditadura militar que foi enfrentada, nela heróis surgiram. Como homenagem à esses lutadores deixo aqui um pequeno poema de Carlos Marighella.

LIBERDADE

Não ficarei tão só no campo da arte,
e, ânimo firme, sobranceiro e forte,
tudo farei por ti para exaltar-te,
serenamente, alheio à própria sorte.

Para que eu possa um dia contemplar-te
dominadora, em férvido transporte,
direi que és bela e pura em toda parte,
por maior risco em que essa audácia importe.

Queira-te eu tanto, e de tal modo em suma,
que não exista força humana alguma
que esta paixão embriagadora dome.

E que eu por ti, se torturado for,
possa feliz, indiferente à dor,
morrer sorrindo a murmurar teu nome

Não por acaso um filme com a história de Carlos Marighella está para ser lançado – mas é boicotado por diversos órgãos de incentivo à cultura do governo. Estes órgãos que deveriam estar do lado do povo apenas aparelham os desmandos de fã de ditadura. Que a ditadura não seja esquecida. Fique com o trailer.

Abaixo você confere o texto em inglês – de autor desconhecido – que faz a lembrança do quinto dia de Novembro britânico.

The Fifth of November (English Folk Verse c.1870)

Remember, remember!
The fifth of November,
The Gunpowder treason and plot;
I know of no reason
Why the Gunpowder treason
Should ever be forgot!
Guy Fawkes and his companions
Did the scheme contrive,
To blow the King and Parliament
All up alive.
Threescore barrels, laid below,
To prove old England’s overthrow.
But, by God’s providence, him they catch,
With a dark lantern, lighting a match!
A stick and a stake
For King James’s sake!
If you won’t give me one,
I’ll take two,
The better for me,
And the worse for you.
A rope, a rope, to hang the Pope,
A penn’orth of cheese to choke him,
A pint of beer to wash it down,
And a jolly good fire to burn him.
Holloa, boys! holloa, boys! make the bells ring!
Holloa, boys! holloa boys! God save the King!
Hip, hip, hooor-r-r-ray!

Curtiu o blog? Fique sabendo que somos legais e gente boa pois somos comunistas.

LEMBRAI LEMBRAI DO CINCO DE NOVEMBRO!

Por Rodrigo Castro

Debochado, inconveniente, guru de bobajada, coach de piadas sem graça e sommelier de ironia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.