Categorias
Pensamento

Ninguém se lembra

Farofeiros e farofeiras,

Existem batalhas, lutas e pequenos embates no dia a dia mas algumas são mais longas, duram dias, meses, anos ou até mesmo a vida toda não importando se a vida é longa ou curta. Essas batalhas podem ser pessoais, intimas ou envolverem toda sua família, comunidade ou nação. Não importa o tamanho, sempre há sangue, seja no suor, seja nas lágrimas ou seja nas mãos.

Não é preciso ser herói ou vítima em uma batalha para sofrer as consequências de uma guerra, basta estar próximo a ela que o fogo aliado ou inimigo arrumará um jeito de consumir sua vida, sanidade e daqueles que você ama. Quando a guerra é interior não há mártires ou heróis, só você brigando com um muro de concreto que tem seu nome pintado, você poderia facilmente dar a volta no muro, mas isto não seria uma batalha, seria uma fura, então você se coloca enfrentando algo que não pode vencer de mãos vazias.

Quando ela é menos íntima é fácil para as pessoas perto de você verem sua luta, valorizarem e até tentarem lhe ajudar. A dor irá passar. Isso é só uma fase. Você parece melhor. Você vai sair dessa. São tantas as frases de ajuda que realmente cairia em um clichê maior ainda do que este texto todo. Mas agora chego onde quero em nosso pensamento, a batalha acabou, você saiu vitorioso, sangue em suas mãos, olhar cansado, medo de tudo que passou ocorrer novamente. O trauma da guerra sempre irá lhe assombrar.

Mas aí tudo volta ao normal, a parte boa e a parte ruim de sua vida finalmente voltam à bater a sua porta e você se pergunta: de que valeu tudo aqui? Quem mais te viu lutar é quem mais lhe cobra, faz mais batalhas em sua vida, pede por uma reação e você, o que faz?

Tanto na vida, como na guerra lutada entre nações e facções, parece que ninguém nunca se lembra do que aconteceu no passado. Continuam brigando e se odiando apesar de tudo que acontece. Nunca consigo me decidir se este é um exemplo do miraculoso espírito de luta do ser humano ou seu límpido espírito de porco.

Pensamento do Dia:Nós quase perdemos tudo. E todos eles aqui embaixo continuam brigando entre si. Como se nada tivesse acontecido. Como se isso não importasse. Ninguém se lembra…” – RIDER, Richard

 

Por Othon Chievo

Mente e bigode brilhantes em um mar de falta de luz. Simplesmente superior. Exu de direita. Conservador de esquerda. Metamorfose estática.

Pensador contemporâneo que fala besteiras apenas para irritar os outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.