Eu não sei por que tenho tanto CD do U2

U2... você também?

Ontem estava eu curtindo o tédio de final de ano ordenando algumas coisas em casa: livros, DVDs, gibis, revistas e a quase coleção arqueológica de CDs de música… sem MP3.

Pelas minhas contas tenho cerca de 180… e é uma coleção que parou no tempo, nem lembro qual foi o último CD que comprei ou ganhei. O primeiro eu lembro… foi uma coletânea do Titãs 1984~1994, composta de dois CDs cheios de coisas velha, tecnicamente foi primeiro… comprei em outra loja um K7 do Skid Roll (releve, eu era criança) e meu irmão comprou um CD do Midnight Oil… sei lá por que.

O “aparelho de som” que eu tinha foi um dos primeiros a serem lançados no Brasil… tinha o “toca CD“, double deck (para você poder COPIAR fitas K7, CDs e vinil… pirataria?) e um toca discos… Era um trambolho da Samsung, que ninguém conhecia na época.

Assim os anos começaram a passar e a coleção de CDs a aumentar… quando iniciei a procura de coisas novas fiquei doido por uma música do U2, Stay (faraway, so close) do Zooropa (1993). E a porcaria da música nunca passava na rádio hora em que eu estava pronto para piratear gravar em K7. A revolta durou um mês, tempo suficiente para comprar meu primeiro CD da banda.

Depois disso começaram a borbulhar CDs deles em minhas mãos… o POP (1997) foi presente de aniversário de meu irmão. Ele foi comprar enquanto matava aula e o povo do colégio o dedurava via telefone. Teve também o The Best Of 1980-1990 & B-Sides (1998) que comprei sem querer, um ex-amigo ia comprar e eu, sem ter muito o que fazer comprei pois o U2 resolveu colocar um número de série no CD, tudo isso para impedir a pirataria e deixar fãs babando pelo item “raro“. Não me incluia em nenhum dos dois grupos, assim, comprei o CD duplo e escutei duas vezes. Não lembro quanto paguei, mas ainda achei caro.

Sim, só eu compro algo que não quero e ainda reclamo do preço.

Neste meio tempo comprei em uma loja perdida no litoral de São Paulo um CD da Nova Zelandia do The Passengers, que reunia o U2 e o produtor musical Brian Eno, para criarem músicas para filmes… a música mais conhecida desse projeto paralelo era Miss Sarajevo, com Luciano Pavarotti, nesse CD tem participações bem bacanas como Lou Reed! Comprei por ser “raro” também…

E nessa história simplesmente apareceram Communication (2006), How to Dismantle an Atomic Bomb (2004) e All That Can’t Leave Behind (2000)… E EU NEM SEI COMO! Não joguei fora, estão guardados e bem acomodados, mas quem me vê com tanto CD, história e “raridades” da banda vai achar que sou fã.

Tenho a impressão que alguém me sacaneia a anos nisso e eu nem percebi…

PS.: Este post não tem vídeos do U2 pois a gravadora delas bloqueou a incorporação desses em blogs… é, eles não querem que você curta o produto deles. FUCK THE SYSTEM!

Veja também


Rockerz

Irônico e inconveniente desde 1980.


  1. Todo mundo tem aquele CD que não sabe por que comprou ou de quem ganhou. Não tenho tanto CD do U2 quanto você, mas os que tenho são suficientes para gostar de umas 2 ou 3 músicas (aquelas que todo mundo gosta). Mas também não sou fã. Ainda prefiro o velho Maiden e o velho Ozzy com o Sabath chutando bundas com os velhos e empoeirados álbuns da década de 70 e 80.

Comente:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com *