Lanterna Verde (2011)

Green Lantern Corps

Hal Jordan, um piloto de teste de caças pegador e maroto encontra um alienígena perto da morte que lhe dá um anel verde… assim o piloto de teste se transforma no herói de neon com efeitos, que tentam imitar Matrix, que enfrentará a “entidade” Parallax! Sim amiguinhos, são os verdinhos contra o amarelinho.

Mas o anel agora funciona contra o amarelo!?

Juro que gostaria de poder falar melhor deste filme, não que eu adore o personagem, mas digamos que eu tenha um carinho especial por ele. Da forma que o filme trata os personagens acho que só Sinestro se salva, e olhe lá, afinal, fazer cara de emburrado é “fácil”.

Sinestro Green Lantern

Ryan Reinolds, o Hal Jordan, não tem cara de Hal Jordan. A uns anos atrás, antes de ele fazer o péssimo Deadpool, em X-Men Origins: Wolverine, houve um murmurinho de que ele seria escalado como o homem mais rápido da DC… mas não passou de boato… de qualquer jeito para mim ele sempre foi e sempre será o Flash, ele tem cara de Flash! Esse Hal Jordan apresentado no filme me parece querer competir com Tony Stark… personagens BEM diferentes, mas eles querem vender e vender… então sai coisas como esse filme!

Os efeitos especiais são razoáveis, o que choca mesmo é a porcaria do uniforme de neon… Não acho que colocar um colã verde seja melhor, mas fazer algo com aparência orgânica também é demais. As luvas brancas não podiam aparecer, mas olho branco pode? Pois é…

Até o anel, seu formato, ficou feio! Qualquer um com um pouco de habilidade e conhecimento em design faria algo melhor… eu faria!

G'nort Green Lantern

G'nort quem?

Infelizmente a transformação em filme do personagem me desagradou ao extremo, sai do cinema com pokerface. Me custou tempo e paciência ver um personagem que tinha tanto carinho ser maltratado na tela grande!

Agora? Agora eu vou fazer uma petição para filme do G’nort.

Estréia dia 19 de agosto de 2011 no Brasil.

IMDB.

Site Oficial.

Veja também


Rockerz

Irônico e inconveniente desde 1980.


  1. Chewbacca Jr.

    Eu vou ver pq me chamaram (acho que sabem que vou ter raiva…). Por mim, não iria.

Comente:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados com *