HQ diversão: Wolverine #148

Escrito por | Artigos


wolverine-148-jpg
Há muito se fala da atual crise dos quadrinhos: seres anabolizados sem conteúdo nenhum.

Porém, a maioria de nós esquece, que existem coisas boas… são poucas mas existem. A maioria das coisas boa vem de editoras pequenas, mas de vez em quando as grandes também acertam. O exemplo que eu vou dar aqui é um dos que mais gosto (não, não é o Gen X Special Underground, dig? Apesar de ser muito bom também…). A história se passa numa faze nebulosa dos títulos da Marvel Comics: Ages of Apocalypse (NÃO é o Age of Apocalypse). A revista Wolverine nº148 traz o novo Quarteto Fantástico. O Quarteto desta edição não é o que você está acostumado a ver mas composto por: Bruce Banner/Hulk, Peter Parker/Homem-Aranha, Wolverine (claro!) e Motoqueiro Fantasma.

A capa é de Eric Larsen, a história é dele também… SIM ele é o senhor das HQs divertidas. Os desenhos são de um cara de dispensa apresentações, o brazuca Roger Cruz. O roteiro e os desenhos estão ótimos, do jeito que tem que ser sempre. Porém, a Marvel não deu o devido tratamento a revista: a arte final ficou a desejar… mas as cores estão HORRÍVEIS… pra não falar coisa pior….

Não irei contar a história, mas os mocinhos vencem no final (+-), mas o final desta edição não é o importante, o importante esta nas entrelinhas. Por exemplo: May Parker (não é a tia May viu!) subindo pelas paredes… assim como papai, Wolverine apaixonado por uma garçonete (na boa, isso é a cara dele!), o Motoqueiro Fantasma caindo numa armadilha como uma mocinha, o Hulk mudando de personalidade constantemente (Hulk selvagem, Hulk Bruce Banner, Hulk Sr. Tirateima… estão todos em um, principalmente quando o selvagem lembra do nanico Wolverine e fala que vai esmagar o nanico =D) e como a Mary Jane tenta, sem sucesso, chamar a atenção dos ratos de laboratório Peter e Bruce.

A HQ para ser boa não precisa ser adulta, tem de ser divertida, como esta…


Última alteração: 18 de outubro de 2016