Categorias
Pensamento

Gente morta

zumbis

Farofeiros e farofeiras,

Todos possuem seus devidos mortos-vivos em seus respectivos armários, alguns as vezes precisam de um vestiário ou uma ala exclusiva. Eles devem ficar onde estão, pena que frequentemente tais defuntos tentei sair de suas tumba-lacatumba-tumbatá.

Ou não, afinal alguns dos maiores filmes de terror da história contam exatamente essa história: uma legião de ex-namorados e ex-namoradas levantando de suas tumbas atrás de miolos ou pelo menos um pedacinho de carne para satisfazer a fome além-túmulo.

Está certo que as vezes alguns cientistas malucos tentam reviver seus (suas) ex se utilizando de artifícios que tentam controlar a mente do corpo que anda, mesmo que tal corpo esteja podre e com roupas com incrível resistência perante o apodrecimento da carne. O jeans é, notadamente, uma armadura para zumbis.

A coisa toda fica feia mesmo quando os zumbis que a pessoa guarda no armário são parecidos com aquelas coisas do Resident Evil, não acompanho a série a anos, mas tenho certeza que transformar um zumbi em uma aranha gigante de carne podre não é algo zumbificável. Na verdade é triste ver tal poder na mão de um morto vivo. Ou só morto, ou morta.

Não vou comentar nada do ponto de vista religioso, afinal, nós seres da esfera superior vivemos morrendo e renascendo, com novos pais e nova carne. Não vejo necessidade para se fazer algo bem sujinho como isso. Morrer não é uma boa desculpa para se deixar de ser uma divindade, ou mesmo um mortal, com a higiene particular em dia.

Tá certo que ninguém venderia um plano de saúde ortodôntico para alguém que tenha o bafo com cheiro de tumba. Sem falar dos germes, ah, os gemes.

Independente da quantidade, qualidade, variedade, quantificação quantitativa da qualificação total que qualifica todo o ambiente do pós vida, todos os seres viventes com tal problema deveriam ter armários de aço inox cheios de gasolina para transformar tais esqueletos em cinzas e nunca mais assim, ter medo de algum som que saia dali.

Como nada é perfeito acho que pelo menos uma motosserra no lugar da mão esquerda, para os destros, deveríamos ter para os casos de emergência já que, acredito falar por toda uma nação universal, que estamos cansados dessa merda.

No meu caso uma máquina do tempo e alguns tapas resolveriam tudo.

Pensamento do Dia:ALGUÉM TIRA O VILÃO DA MÃO DO ROQUERS!“. Apelo Universal Pela Paz. Você não faz ideia.

Por Rodrigo Castro

Guru de bobajada, coach de piadas sem graça e sommelier de ironia. Também é leitor de gibi e jogador profissional de videogames no easy.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.