Categorias
Pensamento

Folia

Farofeiros e farofeiras,

Alagados free style, agregados de plantão, bêbados da orla de Ipanema e consumidores assíduos de Skitles, este pensamento é para você que agora está enjoado e fedendo vodka barata, para você que perdeu todos os documentos mas achou o celular dentro da cueca ou calcinha. O proposito do carnaval é o mesmo a milhares de anos, a festa da carne, putaria, bacanal, oba-boa e afins é para dar prazer a carne. Alguns preferem o cunho sexual, outros o cunho rebolativo, existem ainda os que gostam de marinar no álcool para talvez trazer maior longevidade ao corpo mesmo que isto custe o fígado. Bloqueiros que mijam no meio da rua, vomitam no meio da rua, dormem no meio da rua, revivem no meio da rua devem curtir este tipo de feriado mesmo que se faça uma marchinha versão rock’n roll sem guitarras mas com o abadá verde sinalizando que é solteiro e pode ser pegado ou pegada por quem quiser. Ou não.

A folia não me contagia, protestos de mulheres nuas me interessam, vê-la ser enxotada me interessa, vê-la com roupa não me interessa, o nome dela também não me interessa, nem o que ela tem a dizer, afinal ela está nua, alguém acha que ela precisa falar mesmo? Aliás, escreva no seu caderninho, a doida do tapa sexo anti Dilma vai começar a sair pelada em vários lugares, principalmente na rua da casa dela pois é o único publico que unicamente dará atenção a um ser ignóbil como essa do protesto nu.

A festa da carne promove também a folia da lavagem de dinheiro, enaltece marcas e privilegia os mais abonados financeiramente falando, afinal é uma festa do povo e para o povo. Esse povo que come bem, lê bem, tem um ótimo emprego pode gastar muitos dinheiros para assistir a Mangueira entrar na sua respectiva Sapucaí. O mais interessante são as cidades pequenas, não tem dinheiro para pagar médicos, não tem dinheiro para tapar buracos, mas para o bacanal e exposição depreciativa de mulheres tem e, por ser uma festa para o povo, todo mundo esquece o quanto faz falta o médico no posto de saúde. Viva o povo que morre de tanto sambar! Viva o povo que vai dirigir bêbado! Viva o povo que vai vomitar na porta da sua casa!

Como toda festa patrocinada este tipo de folia deveria ter espaço reservado, não a rua da minha casa ou um local específico. Será que colocar o carnaval nesses monstros abandonados da Copa não seria uma solução? Ah é claro que não, o Brasil todo pode esbanjar dinheiro. Esquindolelê!

Pensamento do Dia:Vai chover dinheiro na favela!

Por Rodrigo Castro

Guru de bobajada, coach de piadas sem graça e sommelier de ironia. Também é leitor de gibi e jogador profissional de videogames no easy.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.