Categorias
Games

Final Fantasy XV

Finalmente, depois de dez anos meu tão esperado jogo chegou!!!

Começo a jogar e… que começo estranho…. até Diablo III, um jogo só pra matar o que vem pela frente, tem uma historia inicial melhor. Em Final Fantasy XV o príncipe Noctis e seus três amigos devem cruzar o reino ele casar com uma amiga de infância para cumprir um acordo e assim evitar uma guerra.

O antagonista é um império opressor com armaduras magiteck – what?!? again?!?! O mesmo antagonista de FFVI, FFXII e FFXIV. Sem cutscene inicial empolgante e bem rápido que mostra a despedida do rei que manda um beijo, um “se cuida” e tchau. Acabei me decepcionando muito com o começo ao ver quatro estranhos sem personalidades e sem histórias próprias começando uma longa viagem. A melhor parte do início é quando eles empurram o carro quebrado ao som da música dos anos 60 Stand by Me, só que eu nem imaginava o que estaria por vir….

Da decepção inicial mudei de opinião totalmente, os quatro amigos conversam entre si o tempo todo, com ótimos diálogos mostrando suas personalidades e manias, o jogo me mostrou uma maneira diferente de apresentar os personagens, a identificação imediata com os amigos da juventude que fazem bullying entre si o tempo todo é imensa. No capitulo III, o mapa abre gigantescamente com várias quests paralelas e a história só melhora. O sistema de armas é interessante e você pode mudar a arma no meio do combate, o grind de desenvolvimento é parecido com o Final Fantasy X, um grande tabuleiro que você vai comprando as habilidades novas. O sistema de combate é divertido e dinâmico, em uma luta contra dez inimigos parece um combate insano, mas admito que não é fácil, um novato no controle não consegue jogar, pois tem que atacar, se defender, desviar, pular e coordenar os amigos. Esse sistema de combate usa todos os botoes, quase um God of War da vida, mas sem combos.

O Silvio não conseguiu jogar, então não é amigável para quem pensava que era apenas mais um RPG, tem muita ação mesmo se colocar no easy e trocar do modo dinâmico para o tático, que te da direito a pausa no meio do combate.

Então, Final Fantasy XV chegou pra agradar, é um bom Final Fantasy e entretêm com boa historia! Não sei se para alguém que não seja fã de Final Fantasy vale a pena comprar o jogo agora por mais de R$ 200,00, se não for fã da pra esperar abaixar o preço.

Por Tristan

Tristan é líder de diversas guildas de gold farmers dos seus jogos favoritos. A culpa é dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.