Categorias
Games

Batman: Arkham Knight

Mais uma vez Batman precisa salvar Gotham de vilões tão pirados quanto ele… dessa vez o Espantalho quer usar a cidade como plataforma inicial de uma substância alucinógena para causar caos por todo os EUA. Para tanto o vilão terá a ajuda de diversos rostos famosos da mitologia do morcegão e a adição do Cavaleiro de Arkham, alguém do passado de Batman que volta melhor equipado para destruir o herói. 

O jogo é o terceiro da série e coloca o jogador no meio de muito mais ação do que nos jogos anteriores, o mapa aberto dá um gosto especial… correr por Gotham com a chance de topar o Duas Caras assaltando um banco ou chamar o batmóvel a qualquer momento que fugir pelos de gancho e planando entre os prédios não for possível. Não gostei do sistema de lutas e dirigir o batmóvel é por vezes frustrante… além de tudo Batman poderia se chamar Bruce Stronda com requintes de Homem de Ferro… mesmo que seu Jarvis se divida entre Lucius Fox e Alfred.

A história surpreende diversas vezes mas infelizmente o tipo ruim de surpresa é freqüente… o roteiro tem furos graves e o tipo de narrativa do jogo não ajuda. As melhores partes são divididas entre o Coringa e o próprio Cavaleiro de Arkham… são quem movimentam e motivam a história toda de verdade, variando do suspense para a violência gratuita, o Espantalho é só um chato a mais… mas aí chega o Batman e ameaça a Hera Venenosa de queimar todas as plantinhas de Gotham. É sério.

A grande novidade seria a liberdade para andar pela cidade livremente socando quem aparecesse na sua frente seja planando com sua capa, se pendurando com o batgancho ou com o amado batmóvel… só que não… a experiência com o veículo é uma das piores, o modo de batalha é algo simplório demais… o modo normal é um desafio para a paciência pela falta de controle. Comandos lentos, imprecisos e no geral ruins irritam a todo desafio que exige o veículo… e são muitos, principalmente os desafios do Charada que são desafiadoramente chatos!

batman-arkham-knight-01

A versão para PC está uma lástima devido aos bugs, milhares de DLCs já foram divulgadas (entre skins para os personagens e para o batmóvel e algumas missões do Robin e da Batgirl), sem falar do famigerado Season Pass… estes são fatores que prejudicam minha avaliação por afetar o replay, afinal fica parecendo que te venderam um jogo incompleto. A Warner comprou diversos youtubers simplesmente para ignorarem os aspectos negativos do jogo, incluindo o desastre para PC é pouco noticiado por isso… não o faço pois joguei apenas a versão para PS4 que eu comprei com meu dinheiro. A versão toda zoada para PC sai mais barato do que a versão para consoles mas devido aos problemas recentes duvido que valha a pena.

Quanto a dublagem meu amigo… um Batman inexpressivo e uma confusão com os dubladores do Robin. No jogo vemos Tim Drake como o escudeiro oficial do morcegão, mas o dublador é o do Dick Grayson, o Robin do desenho animado do Novos Titãs… sim podem me xingar, sou chato assim! Me parece que a arapuca que a Warner quis criar pegou muitas pessoas… não, o jogo não é ruim mas não é metade do que seu youtuber favorito diz. A comunidade da Steam já ama o jogo para PC, só que ao contrário. O Metacritics que ainda usa uma escala numérica para dar nota aos jogos chegou aos 88 de 100, mas as notas dos usuários não passaram de 7,5 de 10… e concordo com a segunda nota por se tratar de um jogo mediano, com história mediana… Pontos extras pela aparição de Azrael e só. Que venha o jogo do Superman.

 

Por Rodrigo Castro

Debochado e inconveniente.

Pai. Marido. Videogameiro. Gibizeiro. Colecionador. Desenha, pinta o sete, escreve e bebe as vezes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.