Categorias
Games Notícias

Call of Duty: Ghosts – América do Sul invade EUA e cachorro derruba helicóptero

call-of-duty-ghosts-dog-helicopter-gif

… acaba de que tenho vergonha de admitir que já defendi tal franquia frente a Battlefield… não que jogos precisem (PRECISEM) ser realistas ao extremo, ainda mais com um enredo de guerra… mas tá doendo o fígado já… A história coloca que o inimigo dessa vez apareceu ao sul do Equador… destruindo uma nação deficiente… tadinhos… Mas não é preciso temer pois o Gringo Foda treinou seu filho, o Gringo Foda Jr., para salvar a pátria de uma invasão massiva… e claro… seu cachorro… e que cachorro…

Precisando derrubar um helicóptero? Um pastor ALEMÃO pode te ajudar facilmente como mostra o GIF. E chega dessa merda… tem o trailer abaixo, mas não me importaria se você não apertar o play.

Por Rodrigo Castro

Pai. Marido. Gamer. Colecionador. Desenha, pinta, escreve e bebe. Hippie que resolve tudo.

Depois de tentar escrever a sério viu que a vida é uma piada e largou a mão da mídia tradicional para virar um comunista que só lê gibis de super herói norte americano.

5 respostas em “Call of Duty: Ghosts – América do Sul invade EUA e cachorro derruba helicóptero”

Inimigo ao sul do equador? Imagino a história passada depois da vergonhosa derrota na copa do mundo, um país perdido em uma guerra civil entre manifestantes genéricos, blogueiro, governo e suecas gostosas fazendo topless na rua (provavelmente vieram para a copa passar alguma mensagem esquecida diante seus peitos). Uma pessoa se ergue em meio ao caos conseguindo unir os corações de uma nação inteira para construir um novo país forte e sem mazelas. Mas o preço é caro uma nova ditadura surge e impões medo as mais poderosas nações. Medo é a causa do primeiro e e ultimo erro da qual uma vez foi o mais poderoso país. Ninguem ataca o Ditador Tiririca e sai ileso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.