Categorias
Games Notícias

Nintendo vendendo mais Switches do que pensava

O Nintendo Switch já é um sucesso

Por mais que eu não queria comprar mais um videogame descartável da Nintendo preciso admitir que o console é um sucesso de vendas. Além de ser o console da empresa japonesa com venda mais rápida de sua história, desbancando meu amado Game Cube e o revolucionário Wii.

Agora com o ritmo atual de vendas a Nintendo já planeja dobrar sua produção de absurdos 9 milhões de unidades para 16 milhões de unidades no período do ano fiscal de 2017 que se inicial em Abril.

Nintendo vendendo mais Switches do que pensava

Surpresa!

A expectativa era que apenas 5 milhões de Switches fossem vendidos nesse período fiscal, ainda mais se falando em um console de US$ 300 que não acompanha o avanço gráfico da geração atual.

Também não se pode colocar a culpa no jogo Zelda: Breath of the Wild, já que sua produção chegou apenas à 2,5 milhões de unidades. Vale lembrar que o console não acompanha nenhum jogo em seu preço original, qualquer game deve ser comprado separadamente.

Se os números forem corretos a Nintendo poderá receber um grande número de jogos novos nos próximos anos do console, competindo até com os reis do pedaço PS4 e Xbox One.

Sempre lembrando do tiro no pé que foi o Wii U, com uma ótima venda inicial ele chegou apenas à 13 milhões de unidades pelo mundo enquanto o PS4, por exemplo, já ultrapassou as 50 milhões de unidades.

Já vi isso antes…

Definitivamente sou uma viúva mal amada da Nintendo e nada vai mudar isso. O preço do console não justifica o investimento para se jogar um Zelda: Wild Waker em um tablet exclusivo para jogos Nintendo. E por falar em jogos só vejo a mídia especializada (e paga) falar de Zelda, 1-2 Switch (cof cof) e Bomberman. Tem mais jogos?

Sofri miseravelmente com os péssimos lançamentos para Wii que, no final das contas, virou uma máquina de Rock Band lá em casa. Não sei o motivo mas alguns jogos pararam de funcionar depois de um update e eu simplesmente arrumei ele dentro de uma caixa e deixo ele lá guardado.

Um dia ele sai para que eu faça minha filha sentir vergonha do pai.

Por Rodrigo Castro

Debochado, inconveniente, guru de bobajada, coach de piadas sem graça e sommelier de ironia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.