Categorias
Pensamento

Não sei o que fazer

Veja bem, não é só hoje que não sei o que fazer, mas hoje resolvi escrever sobre isso.

Farofeiros, farofeires e farofeiras, não sei o que fazer em divers aspectos e em diversos assuntos que englobam minha vidinha. Hoje mesmo diversos planos estão precisando de uma recauchutagem para melhor se adequar à realidade… ah a realidade, essa mãe despeitada que nos dá socos na cara todos os dias por simplesmente existirmos.

E não há escapatória, mesmo quem é extremamente privilegiado não escapa de frustrações como não conseguir financiamento no BNDES para comparar um iate amarelo. É um fracasso estúpido? É, mas ainda assim um fracasso.

Dentro da narrativa do que há e do que pode ser, há o que não pode ser e o que não é. E não, não é o que não pode ser, este é o que não pode ser que não é. Mesmo que isto leve a uma fase com ritmos caribenhos executados por brancos sem ser considerado uma apropriação cultural nos anos 1990.

Não sei o que fazer - Pantera Negra - Blog Farofeiros

Enquanto escrevo este texto, por exemplo, gostaria de estar com todos os músculos doloridos devido à prática excessiva de yoga. Você pode até recriminar meu desejo mas este é, de verdade, o meu desejo… No lugar disso estou com dor no rosto devido uma sinusite sinistra faz quase duas semanas.

Além disso esqueci de comprar saco de lixo, então terei que dar um jeito de ir ao mercado antes deste artigo ir ao ar. Vida adulta tem dessas coisas absurdas de você precisar mudar simplesmente todos os planos por conta do lixo da sua casa. Isso sem contar todo resto.

Mas sou superficial neste texto de propósito, não quero entrar em debates profundos sobre minha vida em um texto no meu blog. Pelo menos não hoje que não sei o que fazer… Já fiz isto antes, e para o bem ou para o mal está feito. Mesmo sem saber o que acontecerá amanhã tenho que aceitar que tudo pode mudar.

A proza é elementar mas insuficiente para entender ou interpretar a necromancia cruzada dessa engenharia mesmérica. E não há, de maneira adequada, explicação para tal fenômeno que nos absorve e, no final, degrada nosso ser de maneiras inconcebíveis.

Não quero ser prepotente ao ponto de predominantemente ser um babaca hoje, preciso economizar para amanhã.

Pensamento do Dia

Pensamento - Karl Marx - Blog Farofeiros

Difícil ser alguém na vida hein? Ser ninguém é melhor, dá menos dor de cabeça.

Por Rodrigo Castro

Guru de bobajada, coach de piadas sem graça e sommelier de ironia. Também é leitor de gibi e jogador profissional de videogames no easy.

Uma resposta em “Não sei o que fazer”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.